Comportamento

“Não quero hipócritas da família no meu funeral”. Mulher escreveu lista de convidados em seu obituário

capa Nao queria hipocritas da familia em seu funeral mulher escreveu lista de convidados em seu obituario

O último pedido dessa mulher foi que comparecessem em seu enterro apenas aqueles que fizeram parte de sua vida, excluindo os familiares.



Um tema ainda considerado tabu, principalmente para nós, brasileiros, é a morte. Por mais que ela faça parte da vida de todos, e que paire como uma sombra no imaginário da maioria das pessoas, é difícil falar sobre a perda. São poucos os que preferem abordar o assunto antes mesmo de saber se o dia final está perto ou não, isso porque somos calorosos, gostamos do afago e do carinho, deixando para depois assuntos mais sérios.

Mas, em algumas culturas, lidar com a morte antes que ela aconteça é visto como algo mais comum. Redigir testamentos, tentar deixar filhos e familiares livres de dívidas, e até mesmo planejar o velório e o enterro são coisas tratadas de maneira mais natural, inclusive muitos discutem com as pessoas mais próximas o que devem fazer quando deixar o mundo.

Isso não significa que a morte se torne um pouco mais simples de aceitar, porque, na realidade, nunca será fácil ver uma pessoa querida ou um familiar próximo se despedindo. A complexidade de não saber ao certo o que vem depois pode ser um dos fatores que torna esse momento tão difícil de ser ultrapassado, precisando inclusive existir apoio e ajuda emocionais de profissionais especializados em alguns casos.


Um caso que aconteceu na Espanha e tem repercutido nas redes sociais nas últimas semanas é sobre o último pedido da senhora Maria Paz Fuentes Fernández. Em nota publicada no jornal, ela criou uma lista de convidados para seu funeral, incluindo apenas amigos e pessoas próximas, deixando de lado os familiares e parentes.

No obituário, publicado pela Funerária Fernández, uma pequena nota justificava sua decisão, e como era o último pedido da senhora, foi redigido justamente para ser respeitado. Maria Paz afirmava que, como sua família já não fazia parte de sua vida havia muito tempo, ela declarava que apenas um seleto grupo de pessoas tinha permissão para comparecer ao funeral, igreja ou cemitério, excluindo qualquer outro indivíduo que não estivesse naquela lista.

A falecida selecionou apenas 15 nomes, provavelmente de amigos, mas a informação não fica clara na nota e, depois da última pessoa, coloca reticências, dando a entender que apenas esse grupo de amigos estava convidado ou que outras pessoas (que não os familiares) poderiam também comparecer.

2 Nao queria hipocritas da familia em seu funeral mulher escreveu lista de convidados em seu obituario

Direitos autorais: reprodução Twitter/ @g_xacobo


Mesmo parecendo estranho, ela encerra o último pedido desejando que o resto das pessoas, que jamais se preocuparam com ela enquanto estava viva, continuassem distantes, como estavam até aquele momento. O bilhete inusitado provocou comentários nas redes sociais, e muitos usuários decidiram dar suas opiniões acerca do assunto, defendendo ou não sua postura.

José Pardina, no Twitter, não deixou a informação passar batido e compartilhou a foto do obituário dizendo que era uma “novelona”. Entre os inúmeros comentários, alguns afirmaram que ela tinha deixado a lista muito pequena, e por razões de pandemia, muitos poderiam não conseguir comparecer. Um usuário perguntou se ela tinha escrito aquele último pedido já desejando morrer em seguida, já que ninguém pensaria daquela maneira antes de falecer.

Mas grande parte dos seguidores acharam que o último pedido de Maria Paz era sim razoável, e deveria ser respeitado. Um rapaz disse que ela soube como impor suas vontades, inclusive no fim da vida, enquanto outro defendeu que ela tinha um “grande caráter”.

Deixando tudo “bem resolvido” — ou nem tanto —, seu desejo expresso, mesmo demonstrando “rancor”, como disseram alguns, enfatizava que, nos últimos anos, seus amigos tinham ocupado o lugar dos familiares, os quais nunca mais fizeram questão de se manter perto dela.


Amizade que transcende. Filhos de duas melhores amigas se apaixonam e se casam

Artigo Anterior

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.