publicidade

Não se culpe por sentir dor… Não tenha medo de chorar!

Para você que neste momento está sentindo dor, dor na alma, não tenha medo de chorar.



Sinta o que tem que sentir sem culpa. Todo machucado leva um tempo até cicatrizar, mas negá-lo e fingir que simplesmente não existe, só o deixará mais profundo. Sem cuidados as dores, aumentam. Sinta-se livre para ser quem você é e expressar os seus sentimentos. Fingir que tudo vai bem quando na verdade não vai é um ato de desamor com você mesma.

Toda situação quando encarada com a verdade absoluta do coração pode ser transformada de dentro para fora. Do seu interior reverberando para o exterior. Não se culpe pelos seus sentimentos. Eles são seus. Eles merecem a sua atenção, para que enfim sejam tratados com amor e verdade, e então como borboleta após um longo período de recolhimento possam ser verdadeiramente transformados na beleza do aprendizado.

Você é livre para sentir. Não menospreze os anseios do seu coração. Escute a sua voz interna que pede passagem para a vida. Fingir para você mesma sobre o que realmente deseja, é o mesmo que abstrair a sua essência. Nem sempre é fácil encarar os sentimentos, porém sem eles, nada pode ser demasiadamente pleno e profundo. A intensidade das emoções podem ser equilibradas, porém, antes precisam ser encaradas e absorvidas, para que enfim, possam ser compreendidas e adquiram novos significados.


Não se culpe por sentir medo, raiva, irritação, dor, frustração ou qualquer outro tipo de sensação que pode ser julgada erroneamente como menos nobre. O seu equilíbrio depende da realidade que você consegue enxergar sobre si mesma e encarar-se com a soberania de ser quem se é tornará possível a tomada de atitudes condizentes com os anseios do seu coração.

Seja honesta com você e permita-se realizar a mudança que você precisa e deseja.

Com carinho


Marina Cervini

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.