4min. de leitura

Não se preocupe, de amor você não morre!

Você não morre se perder o amor da sua vida. Se perdeu, então não era o amor da sua vida.

Quando você está em um relacionamento sério, é difícil imaginar sua vida sem aquela pessoa, sem os planos que fizeram, as viagens idealizadas, os passeios até aquela praia ou mesmo até aquele barzinho preferido dos dois.


Quando estamos com alguém, é difícil se imaginar sozinho, pois todos os seus pensamentos   (muitas vezes não) estão voltados para aquela pessoa, seus planos e sonhos estão atrelados a ela.

Mas e quando acaba… o que acontece? E os planos, os sonhos, a praia… onde fica tudo isso? Como fazer tudo isso sem ele (a) ao seu lado.

Tenha calma, não é porque você não o (a) tem mais que tudo se findou.  Você tem uma vida, uma carreira, uma família, amigos, cachorro… 

Você se lembra da última vez que deu atenção a todos eles? Mas eu estou dizendo aquela atenção mesmo de sair, viajar, dormir na casa da melhor amiga, fazer aquele passeio com sua mãe… você se lembra disso?


Muitas vezes não. Isso é porque quando estamos nos relacionando com outra pessoa, passamos a receber e exercer influência sobre ela, é natural que queiramos passar os finais de semana, feriados e datas especiais, fazer tudo com a pessoa amada, mas isso muitas vezes nos desgasta, tira nossa individualidade, tira nossa liberdade e não percebemos. Isso é triste, perdemos nossa essência de ser aquilo que desejamos e passamos a viver a vida do outro. Não estou dizendo que isso aconteça com todos casais, mas com a grande maioria.

Relacionar-se, namorar não é ruim, pelo contrário é ótimo. Amar alguém e receber isso de volta não tem preço, mas temos que manter nossa individualidade, não deixar tão distantes aqueles amigos legais que saiamos todos finais de semana quando éramos solteiros, ou a família em segundo plano, eu sei que isso acontece, claro que muitas atitudes são mudadas quando estamos em um relacionamento sério, mas muitas podem ser adaptadas.

Ver que você deixou pessoas queridas para trás, porque simplesmente estava namorando, é triste.

Tenha equilíbrio. Você planeja seu tempo e o controla, dê atenção ao amor da sua vida, mas no outro final de semana, saia com seus amigos para jogar aquele futebol ou tomar aquela cerveja. Avise o(a) parceiro(a) se quiser convidá-lo(a) para ir junto, se a pessoa não quiser, vá do mesmo jeito, tenha confiança no seu relacionamento. Sem isso, impossível dar certo. Tenha sempre um diálogo aberto e sincero com seu companheiro, isso facilitará as coisas.


Precisamos saber equilibrar nossas vidas, já vi pessoas se perderem pelo outro, deixarem de viver e isso é terrível.

Você não tem obrigação de amar ninguém, você tem a obrigação de se amar. O amor pelo outro vem com o tempo.

Você não morre se perder o amor da sua vida. Se perdeu, então não era o amor da sua vida.  Seja sempre positivo. O melhor sempre está por vir. Seu destino é você quem faz.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: alonesdj / 123RF Imagens





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.