3min. de leitura

Não se prive de sentir, invista em se aceitar e se acolher!

Não se cobre em excesso nem se culpe por não se sentir bem onde está, isso só vai impedir você de ver com clareza onde está e o propósito de passar por esse momento.



Nossa história é cheia de batalhas internas e externas, e as marcas deixadas por elas, em muitos casos, demoram para se cicatrizar e podem continuar a doer. Muitas vezes, não conseguimos estar presentes em nosso dia a dia, justamente porque, mesmo vivendo nova experiência, continuamos a reviver o passado.

E, se for esse o seu caso, está tudo bem, pois existem pessoas e situações que marcam até as profundezas do nosso ser. Não se cobre em excesso nem se culpe por não se sentir bem onde você está, isso só vai impedir você de ver com clareza onde está e o propósito de passar por esse momento.

O primeiro passo para você compreender esse instante é aceitá-lo, mas para que isso aconteça, é preciso que, antes de tudo, você se aceite, acolhendo o que está sentindo, pensando e fazendo, sendo gentil consigo mesma.


Imagine você sendo sua melhor amiga, aquela que está de braços, ouvidos e coração abertos para você poder simplesmente ser e estar na mais pura sinceridade com ela.

A honestidade é fundamental para que você possa prosseguir, com passos firmes, em sua jornada. Quando você é verdadeira com o que está passando, nesse instante, consegue entender quais são os aprendizados de que a sua consciência precisa passar para esse seu momento de evolução.

Estamos em um plano onde uma grande maneira de aprender é o contraste. Então, às vezes, entramos em situações em que somos dependentes do amor do outro, e perdemos essa fonte para que possamos desenvolver o amor-próprio. Ou nos colocamos em situações que fazem com que nos sintamos presos, seja por um emprego ou uma pessoa, para que então aprendamos a buscar nossa liberdade e a estabelecer limites que preservem  a integridade do seu ser.

Não se paralise, caso encontre sentimentos negativos e memórias marcantes. Atravesse-os. Muitas vezes, gastamos uma energia gigantesca para barrar isso e não temos a energia suficiente para continuar nossa caminhada.


Então sinta, acolha e seja amorosa consigo mesma, pois é deixando o sentimento vir para ser compreendido que ele está livre para ir e ser transformado.

 

Direitos autorais da imagem de capa: Shwa Hall/Unsplash.

Você sabia que O Segredo está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.