Não sofra sozinho!

4min. de leitura

Algumas pessoas permanecem caladas diante de muitas situações e de fato não somos obrigados a expressar sentimentos a todo instante.



No entanto, a falta de expressão também pode estar associada à insegurança de expor os sentimentos ou até mesmo a situações traumáticas que a pessoa viveu.

Será que se calar é realmente a melhor opção? Viver uma vida insensível é dar espaço para que as outras pessoas não se sintam importantes para nós e até mesmo se afastarem.

Temos de ser sempre verdadeiros com nossos sentimentos, só assim teremos chance de viver uma vida real.

Às vezes, dar uma chance para o outro pode ser o maior segredo para uma vida mais feliz. Mas como podemos ter mais autonomia em relação aos nossos sentimentos?


É preciso primeiro, confiar em si mesmo e depois, confiar em alguém. Lembre-se que mesmo que algum dia alguém lhe fira com tudo aquilo que você disse isso jamais o torna fraco, mas corajoso de ser quem realmente é.

Não precisamos viver uma vida toda para dentro, não precisamos sofrer sozinhos.  Temos que compartilhar as nossas angústias e alegrias, ter alguém com quem contar, um ombro amigo para desabafar.

Confiar é partilhar um sentimento de esperança com alguém. No momento em que uma pessoa conta sua história de vida ela confia no poder da escuta e compreensão. O outro faz com que nós observemos aspectos positivos e negativos sobre nossa própria postura. Como sabemos que amamos algo?

Só sabemos porque também existe aquilo que nós odiamos. Para que isso aconteça precisamos de uma relação de troca. O que isso quer dizer? Isso significa que a cada minuto nós afetamos e somos afetados pelas outras pessoas. A beleza está na particularidade de cada um de nós.  Está na diferença. Confiar em alguém é despir a alma, é aproximar o outro de um vasto território desconhecido. É tocar uma alma com respeito.


Confiar nem sempre é uma questão de tempo, mas de afinidade. Sabe quando você conhece uma pessoa há apenas algumas horas, mas parece que já faz anos?  É deixar vir a ser o que pode ser, sem preconceitos, sem amarras. Em uma imensidão de solidão é preciso dar as mãos.

Ter confiança em si para poder também confiar que o outro pode vir a ser amor e não desprezo. Confiança está muito longe de ser só amizade, ela é carregada de autonomia.

A vida pode ser bem mais fácil quando aprendemos que a nossa paz só pertence a nós mesmos e se ela nos pertencer ninguém mais nos tira. Não existem ofensas que irão nos atingir, não existem cacos de vidros que irão rasgar nosso coração. Confiar nos faz ser rocha, cerca-nos de pessoas porque nos ensina a compartilhar e receber amor.

Confiar é uma arte para poucos. Viver uma vida pautada na confiança é viver uma vida livre.

_________

Direitos autorais da imagem de capa: arthurhidden / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.