Comportamento

“Não sou uma instituição de caridade.” Mãe cobra de filhos e convidados pelo jantar de Natal em sua casa

Capa Nao sou uma instituicao de caridade mae cobra filhos e convidados pelo jantar de Natal em sua casa

Embora alguns de seus convidados tenham se sentido ofendidos pela cobrança, outros acharam a estratégia muito interessante.

Cobrar seus convidados pelo jantar de Natal pode ser uma maneira rápida de se tornar impopular, mas Helen Robertson, uma mãe ocupada de dois filhos decidiu pedir a seus entes queridos que pagassem pela refeição festiva, e não se arrepende disso.

A mulher trabalha como assistente administrativa e é natural de Hitchin (Hertfordshire/Inglaterra). Com dois filhos, Peter (17) e George (11), Helen quer começar o ano novo sem dívidas.

Em entrevista ao portal de notícias britânico The Sun, ela disse que já organizou as finanças do seu jantar de Natal em uma planilha do Excel, onde deixa registrado quem já pagou pela refeição, quem ainda não e quem já comunicou que não participará.

A ideia de cobrar pelo jantar na “noite feliz” veio muito antes de o clima natalino se instaurar: em março ela já sabia que precisaria cobrar, pois tinha contraído uma dívida de 2,5 mil libras esterlinas com as contas dos feriados de fim de ano passados.

Levando em consideração que teria de fazer comida para pelo menos 12 pessoas, Helen decretou o preço por sua ceia e disse que, embora adore receber visitas em casa, ela não era “uma instituição de caridade” e não era sustentável cozinhar uma refeição de Natal completa com todos os acompanhamentos para amigos e família.

2 Nao sou uma instituicao de caridade mae cobra filhos e convidados pelo jantar de Natal em sua casa

Reprodução / Arquivo Pessoal

Helen admitiu que, em situações anteriores, ela já sentiu que algumas pessoas se aproveitaram de sua boa vontade.

Explica que planejou uma refeição adorável, com uma entrada, pratos principais, sobremesas, canapés e lanches, bem como uma taça de champanhe ou suco.

A mãe faz questão de incluir todas as dietas, dizendo que veganos e vegetarianos também têm opções em seu cardápio na ceia. Além disso, todos podem fazer pedidos especiais, como um tipo de molho específico.

Helen explicou sua tabela de preços: os adultos pagarão 35 libras (ou 70 libras, o equivalente a R$ 525, com bebida de marca de supermercado, que lhes dará acesso a vinho branco e tinto ilimitado, cerveja, xerez e duas taças de champanha), enquanto as crianças pagam 10 libras, equivalente a R$ 75.

E a mãe não fez colher de chá para ninguém! Está cobrando até dos próprios filhos. O mais novo, George, no entanto, foi astuto: pediu um desconto de 50% do valor de sua refeição, se ajudasse com a louça no Natal.

Helen raciocinou que seus preços são semelhantes aos cobrados pelos hotéis da região, portanto, não acredita que tenha exagerado.

As reações da família ao saber da cobrança foram diversas, Helen lembra. Houve certa surpresa quando ela enviou às pessoas uma fatura anexada ao convite para o jantar de Natal.

Meia hora depois de o e-mail ser enviado, cinco pessoas lhe disseram que era uma ótima ideia, “(…) duas até colocaram um depósito na minha conta especial para o jantar de Natal”, conta.

Infelizmente, alguns chamaram a refeição de Helen de o último ato de ganância e egoísmo, e alguns recusaram o convite.

A mulher diz que garante uma boa refeição, com alto custo-benefício, para aqueles que escolheram passar a ceia com ela.

Alguns pais dos amigos de seus filhos até pediram sua planilha e menus emprestados, pois querem tentar adaptar a ideia de Helen às suas famílias também.

Ela revelou que fará a grande compra para a ceia uns 10 dias antes do Natal, embora as bebidas já tenham sido encomendadas.

Se tudo ocorrer como planejado na grande noite, Helen pretende se presentear com um pouco do lucro da ceia fazendo as unhas, que ela garante que estarão arruinadas depois de cozinhar tanto. Ela também diz que merece uma massagem por todas as horas que ficará presa ao fogão.

O principal motivo pelo qual Helen está cobrando pelo jantar é a paz de espírito, sabendo que ela não terá uma dívida enorme para arrastar no ano novo.

E caso a comida sobre, os convidados estão liberados para levar um pouco para casa, avisou Helen.

Ana Maria Braga chama convidado do Mais Você de burro e é criticada

Artigo Anterior

Banda de Marília Mendonça passa a trabalhar com irmão da cantora

Próximo artigo