ColunistasRelacionamentos

Não vá atrás do amor. Deixe que ele venha até você!

Ontem estava conversando com minha mãe. Papo vai, papo vem, comecei a relembrar alguns dos poucos amores que tive.



Minha mãe me conhece, sabe que nunca fui de omitir sentimentos.

Tanto verbalmente, quanto através de pequenos gestos, sempre deixei estampado na cara que estava interessada em alguém.

E se não falasse, a pessoa notaria por conta da minha transparência.


Sinceridade é uma virtude. Nunca me envergonhei por ter sido sincera com as pessoas que gostei.

Pode ser que com o tempo, eu mude de opinião novamente, mas conforme fui passando por essas experiências, percebi que o amor sabe onde nos encontrar, e quando nos encontrar.

Não que eu tenha me arrependido de fazer esses investimentos, entretanto, aprendi que quando as coisas estão destinadas a acontecer, elas simplesmente acontecem. Você não precisa forçar absolutamente nada.

Sou grata por cada experiência adquirida.


Aos amores que vivi, agradeço-lhes pelos momentos lindos que me proporcionaram.  Pelos sorrisos que me arrancaram. E pelos arrepios que me causaram.

Aos amores que não vivi, agradeço-lhes pelas lições que aprendi. Foram essas vivências que me impulsionaram a ser uma pessoa melhor.

E ao meu amor do futuro, deixarei que a vida se encarregue de me levar até você.

Quando você chegar, a gente vê no que vai dar…


__________

Direitos autorais da imagem de capa: dolgachov / 123RF Imagens

4 pontos importantes da lei da atração que muitas vezes são passados despercebidos:

Artigo Anterior

Lua nova em 18 de novembro de 2017 – intensa transformação de energia!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.