4min. de leitura

Nem sempre o amor é suficiente para duas pessoas ficarem juntas. Relacionamento tem que ser via de mão dupla.

Vamos falar um pouco sobre relacionamentos, onde ambos, mesmo se amando, não terminam juntos.



Antes de começarmos, vamos ao entendimento do que significa um relacionamento bem-sucedido, com base ”num” contexto citológico: imagine que o amor seja uma célula, composta de membrana, citoplasma e núcleo. Cada um desses componentes dá sustento `célula. A membrana protege a célula de todo mal externo, lá é onde se encontra o AMOR. Porém, o núcleo e o citoplasma são componentes que dão funcionamento à célula. Lá é onde se encontram: respeito, admiração, diálogo, compreensão e cumplicidade.

Já deu para ter um entendimento sobre o que seja um bom relacionamento, não é?

De nada adianta ter amor em um relacionamento, se não tiver os componentes fundamentais funcionando. De nada adianta você amar, se não souber compreender o seu parceiro. De nada adianta amar, se não souber parar e ouvir um segundinho o seu parceiro. De nada adianta amar, se não souber respeitar o espaço e a integridade de seu parceiro. De nada adianta amar, se não tiver um espaço no seu coração que possa admirar o lado positivo e negativo do seu parceiro.

O amor é sim, um sentimento importante para um relacionamento existir, porém, ele é apenas um combustível, uma alavanca, apenas.


Admiração, respeito, tolerância, compreensão, diálogo e cumplicidade. Estes, sim, são fundamentais para alavancar seu relacionamento.

Lembre-se: somos seres únicos, somos diferentes um do outro. Viemos com uma bagagem trazida do passado, com receios, traumas, neuroses, boicotes. São bagagens que, muitas vezes, dificultam e machucam os relacionamentos pessoais. Cabe a nós termos um discernimento e fazer as melhores escolhas, cabendo nas nossas necessidades. Saber escolher quem pode entrar ou não no nosso ”mundinho”.

E você, quem está deixando entrar na sua vida? O seu sofrimento é proporcional às suas escolhas? Cuidado!

É impossível colocar em palavras o que é um relacionamento bem-sucedido, porém, o segredo é empenhar-se, ter um bom diálogo com seu parceiro, ter um comprometimento por igual, recíproco e correspondente. O mundo precisa de pessoas que digam sem receio: “Estamos juntos nesta!” ou “Vai dar tudo certo, vamos dar um jeitinho”.


Imagine agora que o relacionamento seja um jardim: você precisa plantar a sementinha e regar todos os dias, para colher bons frutos.

Os frutos serão todos aqueles componentes que fazem um relacionamento bem-sucedido.

Há quem deixe de regar o jardim, por consequências, trazendo frutos de mentiras, traições, insatisfações, crueldades, silêncio, ganância, falta de respeito, falta de compreensão e muitos outros frutos ”podres”. Lembre-se: O sucesso está nas suas mãos, saiba administrar direito!

Quer um relacionamento bem-sucedido? Não foque somente no sentimento AMOR, e, sim, nos principais componentes que fazem um relacionamento alavancar para o sucesso: diálogo, respeito, união, compreensão, admiração e cumplicidade.

Um bom relacionamento tem que ser via mão dupla. Caso tenha se tornado mão única, não force, não tente encaixar, não se diminua, pois já deu o que tinha que dar.

_________

Direitos autorais da imagem de capa: minnebaevpro / 123RF Imagens

Você sabia que O Segredo está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.