ColunistasReflexão

Nem vitória, nem derrota. Paz.

NEM VITÓRIA NEM DERROTA capa e dentro

SOLIDÃO E SOLITUDE – 28/05/2012



Ninguém sabe o quanto custa ser você.

Ninguém tem a menor noção do transtorno que é se debater nas redes que tentam te sufocar.

Ninguém tem percepção suficiente para, empaticamente, se condoer com as mais intensas das tuas dores.


Você está sempre só. Isolado. No mais árido abandono.

Até o momento em que o “milagre” do amor acontece na sua vida.

Ele acontece!

Porque, de alguma forma, sem saber talvez, você constrói esse momento. Cotidianamente, entre as lágrimas da tristeza, da alegria, nas paralisias do tédio… a cada boa surpresa, a cada decepção…


Você está sempre a caminho do amor quando consegue senti-lo antes mesmo que aconteça.

É o pulso da vida, ainda que de forma imperceptível, buscando a saúde. Mesmo que você se sinta morto em vida. Num momento mágico você percebe que oferecendo a sua energia, o seu amor, desinteressadamente, você é abastecido por esse mesmo amor através de um “mecanismo” inexplicável, mas real.

A sua vida muda quando você é outro com a vida.

Uma perene e silenciosa harmonia toma conta de você. Não há mais vitória e nem derrota. Seja onde for, seja como for, agora você está em paz. Com você mesmo, com tudo e com todos.


A vida continua tendo um custo, agora quase zero, e isso não tem preço.

Nem vitória nem derrota. Paz.

_____________

Conheça um pouco mais do seu trabalho acessando: Youtube  – Conteúdo do Livro: Foco No Afeto 


O que não é real, o tempo varre. O que é real a gente tenta varrer, mas não consegue!

Artigo Anterior

Quando adoecemos por aquilo que não dizemos…

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.