publicidade

Netflix fará série sobre sigmund freud, o pai da psicanálise

Provavelmente, em algum momento da vida, todos nós já ouvimos falar de Freud, o médico neurologista pai da psicanálise. No entanto, nem todos sabemos muito sobre ela.



De acordo com o próprio Freud, a psicanálise é:

1. um procedimento para a investigação de processos mentais que são quase inacessíveis por qualquer outro modo;

2. um método (baseado nessa investigação) para o tratamento de distúrbios neuróticos;

3. uma coleção de informações psicológicas obtidas ao longo dessas linhas, e que gradualmente se acumulou numa “nova” disciplina científica.


“A psicanálise promove a consciência de padrões de emoções e comportamentos inconscientes, desadaptativos e habitualmente recorrentes. Isso permite que aspectos anteriormente inconscientes do self se integrem e promovam um ótimo funcionamento da mente, cura e expressão criativa”, diz o site Vittude.

Freud foi um homem à frente do seu tempo, que criou um estudo que ajuda muitas pessoas até hoje a entrarem em contato com uma nova parte de si mesmas e criarem vidas mais conscientes.

O seu trabalho é reconhecido mundialmente e, provavelmente, nunca perderá o seu valor.

Como uma maneira de homenagear o trabalho do médico e também entreter o público com um tipo inovador de conteúdo, a Netflix produzirá uma série exclusiva sobre o pai da psicanálise, porém em um contexto diferente.


Na nova produção de suspense, que se passará em 1886, Freud estará envolvido na busca de um serial killer e na resolução de seus assassinatos, junto ao veterano de guerra Alfred Kiss e o médium Fleur Salome.

Nessa busca, os três acabarão por descobrir uma conspiração criminosa em Viena, justamente no momento em que a psicanálise estava começando a se popularizar e despertar fortes resistências na comunidade intelectual da Áustria.

Para impedir o criminoso de fazer novas vítimas, Freud deverá usar as suas habilidades com a psicanálise, bem como contar com a ajuda de seus parceiros.

O diretor e autor da série, Marvin Kren disse: “Eu quero mostrar um ‘Freud’ que nós não conhecemos e nunca vimos antes – um homem em busca de reconhecimento, aquele que é pego entre duas mulheres, entre a razão e o instinto. Sua psicanálise e o conceito de id, ego e superego não foram criados no vácuo – eles são baseados nas experiências de um gênio problemático que experimentou todos os lados da humanidade.”

Amy Reinhard, Vice-Presidente de Aquisição de Conteúdo da Netflix, disse: “Freud é uma série atraente que oferece uma excelente oportunidade para colaborar com parceiros locais como ORF, Bavaria Fiction e Satel, que compartilham nossa meta de contar histórias locais com apelo global.”

Ainda não há uma data definida de lançamento, mas a série promete conquistar muitas pessoas pelo tom de mistério e por trazer Freud em um contexto totalmente diferente, que explorará suas habilidades de uma maneira muito interessante!

E aí, ficou curioso para assistir à série? Marque abaixo um amigo que vai maratonar com você!



Direitos autorais da imagem de capa: Sigmund Freud, fundador da psicanálise, fotografado por seu genro, Max Halberstadt, c. 1921 – Foto: Domínio Público via Wikimedia Commons.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.