publicidade

Ninguém precisa saber quão feliz você está. Há coisas que ficam entre você e Deus. E mais ninguém.

Dizem que antes de morrer e deixar o corpo físico, é preciso que o ser humano plante uma árvore, tenha um filho e escreva um livro. Já fiz as três coisas.

Só que ainda não penso em me desligar do mundo terreno. Ainda sei que Deus me quer aqui para dar continuidade a algumas pendências que ainda preciso resolver para amadurecer e evoluir.



Plantei uma árvore no jardim do meu prédio. Deixei minha semente espiritual por lá.  Ela está crescendo Já está se tornando uma jovem arvorezinha com folhas coloridas.  Vou até lá, converso, e peço pra ela crescer forte e bonita, pois daqui muitos anos quando ela estiver bem vistosa eu vou saber que deixei algo meu ali.

Escrevi um livro que gerei e foi para o papel. Um pouco dito em palavras e sentimentos, um pouco de mim que eu expus com a alma e agradeci com o coração. Pode ser que eu esteja longe, pode ser que tenha seguido viagem, mas sei que tudo que fiz, ficou ali selado com a vida.

São pequenos sonhos que motivam e movimentam o espírito.


Também tive meus filhos, que me mostraram um caminho diferente. O caminho do amor incondicional, o caminho do aprendizado da paciência e do saber.

Pois eles me ensinam muito, eles me mostram que é preciso continuar e não desistir de nada, por mais que tudo ande difícil, e que aos trancos e barrancos também dá pra chegar a algum lugar que seja limpo, bom e digno de se viver. Como a minha alma, minha casa interna que não se deixa profanar por sentimentos de mau agouro, infelicidade ou desprezo. Como a sensação de agradecimento e de uma prece feita na hora em que Deus está sempre pronto a me ouvir.

Mas eu acho que além dessas três coisas, existem muitas outras que é preciso fazer. A vida é um grande leque de oportunidade e aprendizado. Cada um que conseguir plantar a semente do bem no próprio coração, já está estimulando à luz do caminho.

Nem todos têm filhos, nem todos escreveram um livro ou plantaram uma árvore de uma vez. Mas cada um faz o seu, cada um produz coisas maravilhosas, quando a capacidade de vivenciar aquilo que se quer com desejo e amor, faz atravessar céus e mares para chegar lá.


Vivemos de etapas, vivemos de tempo, vivemos descobrindo coisas alternativas, para que a felicidade seja aquilo que proporciona paz a cada um.

Pensando assim, cumpri a meta das três coisas, mas ainda existem mil e uma para aprender, conhecer, vivenciar, e descobrir.

O tempo não para. Somos continuidade e expressão. Cada um busca o que deseja e sente melhor.  Se você ainda não pensou nisso, vá lá.

Às vezes, não entendemos o significado de um gesto tão simples, mas que pode vir a dar frutos tão bacanas. Às vezes, vamos lá e cortamos as raízes porque estão nos adoecendo.

O bom é quando a gente finca a vida em lugares que nos acomodam e nos deixam sob a proteção de um amor frondoso e limpo.

Repense, pense. A nossa vida é uma história vivida no tempo Dele. Ninguém precisa fazer tudo sucessivamente. O importante é que se faça com o coração e com dedicação.

A realização pessoal está naquilo que muitas vezes só você reconhece e sente. E ninguém precisa saber quão feliz você está. Há coisas que ficam entre você e Deus. E mais ninguém..

____________

Direitos autorais da imagem de capa: photopiano / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.