Comportamento

Com câncer terminal, noiva realiza sonho do casamento e morre 10 dias depois

Antes de perder a batalha contra o câncer, Adarlele realizou o sonho de entrar na igreja e celebrar o seu amor com o noivo. Confira!



Uma jovem de União da Vitória (PR) conseguiu realizar um grande objetivo antes de falecer de câncer: casar-se na igreja.

Segundo contado pelo UOL Universa, Adarlele Andrade, de 26 anos, lutava contra o sarcoma de Ewing, um tipo de câncer nos ossos, desde 2018. Em 2020, ela começou a namorar Ruan Pablo de Lara, de 28 anos.

Eles se deram bem desde o começo da relação e, após alguns meses, decidiram marcar o casamento, que deveria acontecer em dezembro do mesmo ano. Entretanto, a pandemia interferiu em seus sonhos, e precisaram adiar o evento.


Direitos autorais: reprodução Instagram/@katialuzfotografia e @adarleleandrade.

Ainda em dezembro, o casal recebeu um laudo dos médicos que dizia que os tratamentos futuros de Adarlele seriam apenas paliativos, o que motivou a família a fazer com que a celebração acontecesse o quanto antes.

Eles conseguiram organizar o casamento para 6 de fevereiro e, até que o grande dia chegasse, a noiva viveu momentos de muita expectativa. A equipe médica do Hospital das Clínicas de Curitiba, onde Adarlele fazia tratamento, ajudou a fazer o momento especial, levando-a para provar o vestido dias antes do casamento.


Quando a data da celebração finalmente chegou, foi a realização de um grande sonho. Segundo os familiares da jovem, esse foi um momento em que ela pôde esquecer todas as dores que sentia.

Adarlele entrou na igreja, de cadeira de rodas, mas se levantou no meio do caminho, o que teria causado grande emoção nos convidados.

Momentos do casamento foram registrados pela fotógrafa Katia Luz, que conseguiu captar todo o amor e felicidade dos noivos nesse dia tão especial.


Direitos autorais: reprodução Instagram/@katialuzfotografia.

Infelizmente, no entanto, o casamento também acabou se tornando uma forma de despedida, já que Adarlele faleceu dez dias depois do evento.

A jovem tinha realizado uma biópsia quatro dias antes do casamento, para saber se o câncer já havia atingido a medula.


Quatro dias após a celebração, ela foi buscar o resultado do exame, que deu positivo, e precisou ficar internada, falecendo seis dias depois.

Segundo a família, Ruan está muito abalado com a perda da companheira. Felipe Vetterlein, esposo de uma prima de Adarlele, que foi padrinho do casamento, disse que o noivo entrou na vida de Adarlele sabendo de todos os desafios, e mesmo assim permaneceu.

Ele conta que ambos tinham um amor tão recíproco que, depois de um mês que começaram a namorar, já marcaram o casamento. Ainda acrescentou que todos sentiam as boas intenções do jovem e que ela era o amor de sua vida.


Sobre Adarlele, Felipe comentou que era “conhecida pelo sorriso” e conquistava todos com sua força ao enfrentar o câncer.

Apesar da dor da perda da jovem, marido, família e amigos podem se confortar sabendo que ela foi feliz em seus últimos dias, podendo se unir, oficialmente, a quem realmente amava.

Compartilhe o texto em suas redes sociais!


Jovem humilde se torna programador usando celulares quebrados como principal instrumento

Artigo Anterior

Apresentadora chora ao ver filho tocando violino no enterro da mãe, vítima de covid-19

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.