Notícias

Noiva de Lula deve mais de R$ 200 mil à Receita e à Caixa

Foto: Reprodução
noiva de lula

A socióloga Rosângela da Silva, noiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, conhecida como Janja, deve R$ 111 mil em pendências que estão sendo cobradas pela Receita Federal. O débito já foi inscrito na Dívida Ativa da União e somado a outras dívidas, cobradas na Justiça do Paraná, chega ao montante de R$ 220 mil.

A Justiça encontra dificuldade em notificar Rosângela sobre o pagamento dos valores devidos, pois ela não está sendo encontrada no endereço informado ao Poder Judiciário, localizado na avenida Vieira Souto, na região litorânea do Rio de Janeiro. Em um dos processos movidos contra ela, a Caixa Econômica Federal cobra R$ 109 mil.

Os débitos estão relacionados ao Imposto de Renda de pessoa física. No Tribunal de Justiça do Paraná, ela é alvo de duas ações movidas pelo Condomínio Edifício Jardim Larissa. Em uma delas é cobrado o valor de R$ 3.700, em razão de pendências relacionadas ao imóvel.

Ela era servidora da hidrelétrica de Itaipu até 2020, quando deixou o cargo, com salário de R$ 20 mil por mês, para se dedicar à política.

A situação do ex-presidente também é complicada. O nome dele também está inscrito na Dívida Ativa, com débito que supera R$ 1,3 milhão. Em nota, por meio de sua assessoria, Rosângela informou que a dívida com o condomínio foi resolvida e que está em fase de negociações com a Caixa Econômica.

Sobre o imposto de renda, a petista disse que “a discussão é ainda mais simples” e são “questões particulares com tratativas negociais normais”.

0 %