3min. de leitura

Nos planejamentos do seu ano, não se esqueça de incluir esta meta!

Planejamentos para o seu ano

Quadro dos sonhos, roda da vida, planilhas de planejamento financeiro, mentalizações…



Janeiro é o mês perfeito para que a gente sente novamente em frente a uma série de ferramentas de planejamento conhecidas e comece a traçar as metas do ano que se iniciou. É o mês “cabalístico” para replanejar aquela ida à academia, aquele empreendimento que queremos começar, cumprir a promessa de tomar café com aquele amigo! São doze meses inteiros para a realização dos nossos sonhos.

E eu, como coach, posso dizer que apesar de parecer clichê, momentos como este podem sim ser definidores em nossas vidas.

Principalmente quando decidimos tirar o planejamento do papel e agir em direção aos objetivos.

É quase mágico o momento em que a coragem supera o medo ou a meta de ter uma vida saudável supera a preguiça de frequentar a academia e de preparar uma comida mais saudável para o dia a dia. Entre perdas e ganhos, planejamento e ação são ingredientes primordiais na conquista de seus objetivos.


Mas, desta vez, eu quero falar de um item em especial que não pode faltar em nosso planejamento. E me dei conta dele quando, sentada para escrever as metas do ano, decidi que para alimentar a minha vida espiritual eu leria ao menos um trecho por dia do livro de sabedoria milenar que mais gosto, a Bíblia. Não por coincidência, mas por sincronicidade, o trecho do dia foi:

“O coração do homem planeja o seu caminho, mas o Senhor lhe dirige os passos!” – Provérbios 16:9.

Entendi que, por mais legítimo e primordial que seja planejar o futuro, precisamos também ter como meta o respeito e aceitação à imprevisibilidade da vida. O fluir com o nosso Eu Superior, com Deus ou como você prefira nomear. É a imprevisibilidade e vulnerabilidade que fazem a vida ser leve, menos rígida, mais interessante e muito mais humana.

Planejar sim, mas sem o peso de autopunição para os planos que não saírem como o esperado.

Todas as coisas cooperam para nossa evolução, até mesmo aquilo que não deu certo aos nossos olhos.


Então, vamos planejar o novo ano, deixando um espaço no coração para esperar que coisas boas, inusitadas e relevantes para nossa evolução também aconteçam.

Um feliz ano novo e deixe fluir!

______________

Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: bugphai / 123RF Imagens

Você sabia que O Segredo está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.