publicidade

Nossa Senhora de Lourdes, proteja minha família e ajude-nos a encontrar a paz!

Desde que surgiu em uma gruta de Lourdes, na França, Nossa Senhora atrai devotos do mundo todo, que clamam pelo seu auxílio e proteção.



Nossa Senhora de Lourdes é um dos títulos da Virgem Maria mais conhecidos no mundo. Essa devoção é carregada de fé, inspiração e esperança em que dias melhores estão sempre prestes a surgir no horizonte.

Quem é devoto de Nossa Senhora de Lourdes sabe quanto o amor de mãe é poderoso e está presente em todos os lugares. É a santa das pessoas que acreditam que a oração abre caminhos. É a protetora de quem sabe que, tendo fé, gratidão e boa vontade, sempre pode chegar muito mais longe. Ela está sempre olhando por nós e nossa família.

A devoção à Nossa Senhora de Lourdes começou ainda em 1858, na pequena vila de Lourdes, na França. Era 11 de fevereiro, quando três amigas foram buscar lenha na mata perto da vila, eram elas Bernadete Soubirus, de 14 anos, sua irmã Marie Toinette, 11, e a amiga Jeane Abadie, 12. Enquanto estavam a caminho do rio Gave, Bernadete ouviu a voz de uma mulher chamando-a carinhosamente, de dentro da gruta.


Ao entrar no local, Bernadette foi surpreendida com uma imagem que marcaria para sempre sua vida e atrairia a atenção de milhares de devotos no mundo.

Quem a esperava era uma simpática senhora vestida de branco, com uma faixa azul na cintura e um rosário de contas de pérolas na mão. A partir daquele momento e a convite daquela mulher inspiradora, as meninas começaram a rezar juntas. Diz a história que, por cinco meses, Nossa Senhora de Lourdes reuniu Bernadette, Marie e Jeane, sempre marcando o dia e a hora de aparecer para elas.

Mas as horas que as crianças passavam na gruta, rezando, começaram a chamar a atenção de muitas pessoas, que duvidavam do motivo pelo qual as três meninas iam, frequentemente, àquele local. Muitas pessoas foram à gruta desejando ver Nossa Senhora, mas só as crianças conseguiam vê-l’A, revoltando parte da população.

Por muitas vezes, Bernadete foi vítima de agressões e insinuações feitas por quem nunca conseguiu ver a Virgem Santíssima. A situação se agravou a tal ponto que o próprio governo interditou a gruta, mas graças à força de Deus, Bernadete insistia em que Nossa Senhora havia pedido a construção de uma capela no local das aparições.


Ao ver o descrédito dos moradores, diante das alegações das três meninas, Nossa Senhora decidiu agir. Em uma de suas últimas aparições, ela disse a Bernadete que fosse à gruta e começasse a cavar o chão com as próprias mãos. Bernadete obedeceu à ordem e, no local onde ela cavou, começou a jorrar água que nunca mais parou. Era uma região árida, onde jamais houve água.

Ao saber que havia água jorrando na gruta, o povo começou a ir ao local observar o que estava acontecendo, e então curas inexplicáveis começaram a acontecer em quem se banhava no local.

Deficientes físicos, como paraplégicos, e pessoas com enfermidades até então incuráveis se reabilitaram. Fala-se até hoje dos poderes curativos da água que brota da gruta Lourdes.

Em 1876, foi edificada a Basílica de Lourdes, no local em que a Virgem Maria havia aparecido. Bernadete também foi canonizada, pelo papa Pio XI, em 1933, e Lourdes se tornou um dos locais mais visitados por fiéis do mundo todo.

Em Lourdes, Nossa Senhora nos deixou uma mensagem de penitência e conversão a Deus. Aqueles que estão distantes de Deus devem buscá-l’O, pois só dessa forma encontrarão a felicidade eterna.

Nossa Senhora de Lourdes conduz a nós e nossas famílias pelo caminho do bem e do amor, sta recorrer a Ela.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.