Nossas atitudes criam nossa realidade! Saiba como ajustar suas atitudes para a manifestação de sua vida ideal:

A forma como escolhemos nos comportar em nossas vidas é uma das principais maneiras de nos expressarmos ao mundo.

Nossas atitudes são um reflexo de quem somos e de onde queremos chegar, e dizem muito sobre como lidamos com o que nos acontece, diariamente.

Por esse motivo, é importante mantermos relacionamentos com pessoas que verdadeiramente nos apoiam e reforçam nossos pontos positivos e forças. As pessoas que querem o nosso melhor não desmerecem nossos desejos e não nos julgam incapazes de sermos bem-sucedidos.

Hoje, o sucesso é frequentemente representado como uma vida financeira estável, um bom trabalho e uma família harmoniosa. Mas além dessas gratificações externas, os seres humanos buscam cada vez uma paz interna, capaz de tranquilizar e acalmar nos momentos de aflição e incertezas.

As nossas habilidades são grandes aliadas no processo de realizarmos tarefas diárias com excelência. No entanto, as atitudes pessoais são o que nos guiam em nossos caminhos.

Elas fazem a diferença entre dias bons e ruins, empurram-nos para frente durante as tribulações e nos fazem acreditar em nossas próprias habilidades, quando somos abandonados ou desafiados.

Se pudéssemos resumir três pensamentos essenciais que devem nos acompanhar todos os dias, desde o momento em que acordamos até quando nos deitamos para descansar, seriam esses:

  • “Eu sou digno!”
  • “Eu consigo fazer isso!
  • “Eu mereço o melhor dessa vida!”
Essas frases nos incentivam a acreditar em nós mesmos e em nossas capacidades de felicidade e conquistas, nutrindo atitudes mais positivas e alinhadas com o que desejamos manifestar em nossas realidades. No entanto, estamos suscetíveis a mentalidades negativas de outras pessoas, que, muitas vezes, podem nos contaminar com facilidade, enfraquecendo nossa abordagem iluminada. Apesar disso, é essencial mantermos em mente que quem controla nossas vidas somos nós mesmos, e que nenhuma outra pessoa pode ditar o que devemos ou não fazer, para vivermos nossas realidades da maneira que nos parecer melhor.

Como anda o ensino das atitudes na sociedade atual

Enquanto sociedade de forma geral, nos preocupamos em aprender e ensinar nossos filhos sobre as matérias importantes na escola, como ciências, matemática, linguagem e tecnologia. Mas outra área tão importante quanto é frequentemente negligenciada, o campo de ensino das emoções e atitudes. Esse é um dos motivos pelos quais a depressão é uma das doenças que mais cresce no mundo, não aprendemos e nem ensinamos os outros a como lidarem com suas dificuldades diárias, tolerarem diferenças, agirem com mais empatia, e serem abertos para o entendimento e cura de suas dores e mágoas.

Ninguém nos ensina a como ter atitudes corretas, como conservarmos confiança em nós mesmos. O que aprendemos são coisas muitas vezes superficiais e não nos guiam em momentos de maior necessidade. E então, seguimos vivendo e agindo na maioria das vezes com boas intenções, até que descobrimos que elas não são suficientes se não temos a confiança das pessoas que podem nos ajudar. Em algum momento, percebemos que vivemos vidas que não nos fazem verdadeiramente felizes, porque foram planejadas por outras pessoas com mentes negativas. Quando nos encontramos nesses labirintos de confusão, percebemos que nossas atitudes na verdade existem para nos dar coragem e força para encontrarmos aquilo que realmente merecemos e precisamos.


Como conservar uma da atitude forte e corajosa

Nossas atitudes positivas nem sempre funcionam bem para outras pessoas, que podem nutrir sentimentos de inveja ou raiva por nós. Independentemente disso, precisamos trabalhar em nosso comportamento, diariamente, para nos tornarmos melhores e não sermos influenciados por companhias negativas.

Existem três principais componentes de atitudes fortes e positivas para uma vida mais completa e feliz. São eles:

  • Compromisso consigo mesmo e seus objetivos de vida: Atitudes positivas são aquelas sustentadas por um senso de compromisso com nós mesmos e aquilo que desejamos em nossas vidas, ações voltadas para objetivos e coisas que nos são valiosas.
  • Autocontrole: Sem autocontrole, não estamos devidamente preparados para alcançarmos nossos desejos. Pessoas que não controlam a si mesmas perdem de vista seus propósitos com facilidade, e não assumem a responsabilidade pelas próprias vidas.
  • Abertura para desafios: Todos os dias, a vida lança desafios em nossos caminhos, e não podemos nos livrar deles, pelo menos, não se quisermos continuar crescendo e evoluindo. Os desafios devem ser vistos como oportunidades de investirmos em nosso desenvolvimento, no aprendizado de lições e desenvolvimento de habilidades que nos levarão onde devemos estar.


Deixe seu comentário