3min. de leitura

Nossos amigos são como uma “morfina natural” contra as dores em nossas vidas…

Nossos verdadeiros amigos são aquelas pessoas que estão conosco em todos os momentos de nossas vidas, os bons e ruins.

São aqueles que suportam os nossos choros, mas principalmente aqueles que suportam os sorrisos de nossa felicidade, porque ver outra pessoa verdadeiramente realizada sem sentir inveja não é para todo mundo.


Psicólogos da Universidade de Oxford realizaram um estudo e descobriram que as amizades podem ser ainda mais fundamentais do que pensamos, porque de acordo com suas descobertas, elas funcionam como uma espécie de “analgésico” natural que nos protege da dor.

O experimento de “posição desconfortável”…

Os pesquisadores selecionaram 101 jovens para participar do seu estudo. Pediram para eles preencherem um questionário sobre sua personalidade e relações sociais. Neste questionário, havia perguntas sobre o número de seus amigos, quanto tempo passavam com eles e com qual frequência.

Em uma outra etapa, foi aplicado um teste de dor, que consistia basicamente em deixar os participantes em uma posição incômoda durante o maior tempo possível. Conforme o tempo passava, os participantes começavam a enfrentar os efeitos, cólicas e dores pesadas. Com essa experiência, foi descoberto que os participantes que mais tinham amigos tinham maior tolerância a dor.



Nosso cérebro foi feito para ser sociável!

Os médicos neurocientistas acreditam que existe uma programação genética em nossos cérebros voltadas para o hábito de ser sociável. Isso se deve ao fato de que nossa espécie não poderia ter sobrevivido por tanto tempo em ambientes hostis e precários sem contato social.

O sistema opióide endógeno, em particular a β-endorfina, desempenha um papel essencial nas relações interpessoais. A teoria do apego social diz que o sistema opióide endógeno é essencial para nossos relacionamentos com outras pessoas, porque é responsável por manter a motivação social e desempenha importante na atribuição de valores positivos as nossa interações diárias.  A β-endorfina também nos proporciona uma sensação de bem-estar e tem forças analgésicas.

Os neurocientistas acreditam que, como o sistema opióide garante a sociabilidade humana, é lógico assumir que uma vida social saudável estimula a produção natural de endorfina, um analgésico natural considerado mais potente que o medicamento morfina.


É importante, então, desenvolvermos uma rede de apoio saudável e positiva. Conservar amizade com pessoas que se esforçam para ver o nosso bem e não saem do nosso lado em nenhum momento.

Esses amigos iluminam nossas almas, não devem ser abandonados.

_________________

Direitos autorais da imagem de capa: ammentorp / 123RF Banco de Imagens





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.