AmorFamíliaFelicidade

Nossos avós, os heróis emocionais do nosso passado

nossos avós

“Entre todos os cantos do mundo, há sempre um favorito. Não importa o quanto você se mova, o quanto viaja ou onde está, nunca é um mau momento para voltar. Você sabe bem que são: suas “pessoas casa”.



As “pessoas casa” cheiram amor e aceitação incondicional. Cheiram carinhos, abraços longos onde seus olhos se fecham e esboça um sorriso.

(…)

Portanto, uma “pessoa casa” é o melhor espelho para se olhar todos os dias: ela sempre reflete a sua versão real e autêntica. A mais bonita. É a luz no fim do túnel, o apoio durante a caminhada e ombro para depositar suas lágrimas.”


Reparar as asas quebradas

Nossos avós são “pessoas casa”, memoráveis, únicos e insubstituíveis. Suas memórias nos proporcionam alegria e ternura, os abraços, os olhares cúmplices de duas pessoas que sabem que foram feitas para o amor.

Cheiram casa, comida recém pronta, respeito, novos jogos, truques de mágica, orgulho e satisfação, terra molhada em uma tempestade de verão, o sabor de uma xícara de chocolate em um dia de inverno. Cheiram infância e crescimento.

Seu impacto emocional impregnou em nós os princípios de vida mais básicos, o valor do respeito, maturidade, temperança, cuidado e proteção.


Temos gravados em nossa memória seus olhares sábios, a profundidade de suas palavras e ensinamentos, os jogos inacabados, os desafios emocionais, os beijos que curavam qualquer dor e os doces da tarde.

Memórias de um amor infinito

Avós tornam a vida de uma criança excepcional, simbolizam tudo aquilo pelo que vale a pena enrolar-se e sentir o calor de dois braços amigos que sempre quiseram nos hospedar. Eles são os mais hábeis curadores de machucados no joelho, têm uma respiração que anestesia e um abraço que nos recompõe por completo.

Desde o primeiro minuto de vida nos tornamos seus companheiros e estamos em seus pensamentos. Nós compartilhamos inimigos durante os melhores anos de nossas vidas, escondendo o jogo de nossos pais que tinham o dever de evitar um consentimento excessivo.



Aprofundar nossas raízes …

“Seguramente, duas das experiências mais gratificantes da vida são ser neto ou avô.” – Donald A. Norberg

Avós são maravilhosos porque ouvem e mostram interesse genuíno no que você tem a dizer. Além disso, como se costuma dizer, o amor perfeito, por vezes, não vem até o primeiro neto.


Um avô é uma pessoa com muita prata em seu cabelo e muito ouro em seu coração. Sua riqueza emocional tingiu nossa história com cores quentes, traços indeléveis, carisma e amor.

Os avós têm nos mostrado que não existem barreiras para amar, e que a estrada do carinho é imensa.

“Avós são apenas crianças pequenas antigas, magos que recriam mundos maravilhosos, a diversão disfarçada, a transgressão das regras, o melhor brinquedo do mundo.”

Nossos avós são um dos maiores tesouros que encontramos na vida. Portanto, é importante ser fiel a nossas raízes e nunca esquecer o que sua vida e sua participação em nossa vida significou para nós.


Se você tiver a sorte de compartilhar sua vida com seus avós, aproveite os valores que eles passaram. Dê maior importância ao respeito, amor e cuidado do que ao efêmero e banal.

Se você estiver se tornando avô, faça com que seus netos se lembrem de ti com carinho. Nunca se esqueça, mantenha-os vivos e presentes em sua vida cotidiana. Deixa que fale em ti a voz da experiência e verdade.

 

___


Traduzido pela equipe de O Segredo

Fonte: La Mente es Maravillosa

Maturidade é o que alcanço quando não tenho a necessidade de culpar nada nem ninguém pelo que acontece comigo

Artigo Anterior

Síndrome do coração partido: como se curar dos traumas de relacionamentos

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.