ColunistasNatureza

Nossos “irmãos menores”…

nossos irmãos menores

Partindo de um princípio de que todos somos seres espirituais/almas, vivendo nossas experiências, precisamos aceitar e compreender os nossos irmãos “menores”, ou seja, os animais e todos as demais formas de vida.



Pois, quem foi que disse que a vida de um animal tem menor valor que a nossa?

Entendamos que tudo que carrega em si uma animação, uma centelha, tudo é Deus, é o Espírito se expressando através da alma! Tudo é uma existência, é uma vida! Tudo e todos sempre foram a Energia Original manifestando-se pelos impensáveis planos de existência e esferas.

O que vocês acham que os anima e faz com que os animais se manifestem?


O que os faz respirar, sentir, viver e se expressarem?

Muitos dizem:  “somos todos um” mas, se todos somos um, se somos almas partes de uma mesma Fonte, de um mesmo Deus, de um mesmo Todo, é mais que compreensível aceitar isso, ter esse reconhecimento por Eles e por todas as formas de vida em manifestação.

À medida que vamos nos reconectando conosco, outra vez, e em unidade, novamente enxergamos muito além das Ilusões deste mundo. Começamos a sentir esse Amor (Energia Original/Unidade) novamente… e, de repente, você simplesmente olha nos olhos de outro Ser e sente que ali há um outro igual.

Há também vida naquele ser, assim como há em você. Passamos a compreender a vida tão profundamente, em tudo! E outra vez recomeçamos sentir a Unidade em tudo e em todos!


Os animais não falam, mas sentem profundamente as energias! Não diferem entre bem e mal. Possuem uma capacidade de amar imensa, expressam seus sentimentos ao extremo!

Saiba, querida alma, que quando sentimos esse sentimento vindo deles, sempre é verdadeiro. É real! Essa é uma comunicação de alma para alma. É de Ser para Ser. Isso é coisa da Energia Original/Essência. É Coisa de Deus!

Nunca se esqueça, querida Expressão do Divino: todas as formas de vida são o Divino em manifestação. Saiba que nunca fomos os melhores ou piores de toda uma criação!

Querida alma que aqui encontra aqui, neste agora, em contato com essa leitura, esse escrito foi criado em profundo Amor e além de palavras! Apenas seja consciente de todas essas coisas. A vida é vida onde quer que se manifeste. Não importa onde ou como. Tudo segue um plano maior, engrenagens maiores.


Apenas digo que a Luz das Luzes, Deus, nos ilumine internamente! Que nossa realidade e compreensão de existir seja mais ampla, que tenhamos real e profunda percepção sobre o que é viver. Sinta a vida nesse momento fluir em seu ser, querida doce alma!

A expressão “Doce Alma” é uma forma carinhosa, criada em amor, que uma outra Alma Amiga usa e aqui repasso essa expressão.

Se você está aqui em contato com esse escrito, Doce Alma, é porque era para ser assim. Pois, nada é ao acaso! Não poderia ser de outro jeito! Gratidão por você ser quem é, doce alma!



Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: gstockstudio / 123RF Imagens

Porque devemos relevar as atitudes dos outros…

Artigo Anterior

Liberte-se do arquétipo da vítima. Não há mais tempo para culpas e acusações

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.