publicidade

Nova mutação do coronavírus no Reino Unido preocupa o governo: “Está fora de controle”

Entenda melhor essa nova variação do vírus e as mudanças que ela está causando no Reino Unido, que já começou a vacinar sua população.



Uma nova cepa do coronavírus tem causado preocupação e aumento nas restrições de isolamento no Reino Unido.

Segundo reportado pela CNN, no último domingo (20), o secretário de Saúde do Reino Unido, Matt Hancock, afirmou que a nova variação do vírus está “fora de controle” e que se espalha mais rapidamente no que as outras cepas. A Austrália já identificou infectados com a nova variação.

O secretário esclareceu que a variante não necessariamente é mais perigosa do que as anteriores, mas que precisa ser controlada. Por isso, durante o período de Natal, as restrições serão levadas para o nível 4, em Londres e no sudeste da Inglaterra. Além disso, a movimentação em todo o país será restrita nesse período festivo, e pode ser que se mantenha até que a vacinação esteja mais bem desenvolvida.

Hancock disse que a única forma de controlar a mutação é através das restrições do contato social, especialmente nas áreas de nível 4. Ele também orientou à população a se comportar como se pudesse ter o vírus, para que ele possa ser controlado e todos se mantenham seguros.


O acesso ao Reino Unido também será dificultado neste período, como forma de ajudar na prevenção contra o avanço da nova cepa.

A Holanda, que detectou a mesma variante do vírus em seu território no início de dezembro, proibiu voos para o Reino Unido em uma tentativa de conter o vírus. A mesma medida foi adotada pela Argentina, Colômbia, Chile, Peru e Bélgica, que também proibiram voos do Reino Unido para o país. É esperado que essas medidas permaneçam até o Ano-Novo.

A Itália suspendeu os voos com origem no Reino Unido e proibiu qualquer pessoa que tenha transitado pelo Reino Unido nos últimos 14 dias a entrar no país. No entanto, segundo um porta-voz do Ministério da Saúde da Itália, Luigi Di Maio, os voos que saem da Itália para o Reino Unido não serão afetados, para que os italianos que estejam no país possam retornar para casa.


Segundo uma compilação de informações compartilhadas pelo G1, por enquanto, acredita-se que as vacinas funcionarão contra essa nova variação, mas caso o vírus se adapte para infectar aqueles já imunizados, provavelmente será necessário atualizar regularmente a vacina, como é o caso da gripe sazonal.

Compartilhe o texto em suas redes sociais!

 

Direitos autorais da imagem de capa: Depositphotos.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.