Notícias

Nova Zelândia quer proibir gradualmente a venda de cigarro

146659108 fb link
Comente!

A Nova Zelândia quer aumentar progressivamente a idade mínima para a compra de tabaco em um novo plano para reduzir esse vício, o que significara que os jovens de hoje nunca poderão comprar cigarros legalmente, explicou o governo.

Atualmente, Nova Zelândia proíbe a venda de cigarro a menores de 18 anos. Com a nova lei, a partir de 2027 a medida será aumentada em um ano a cada ano, o que impedirá que a geração que neste momento chega aos 18 anos nunca poderá comprar cigarro de maneira legal, disse a ministra adjunta da Saúde, Ayesha Verrall.

“Queremos garantir que as pessoas nunca comecem a fumar … À medida que envelhecem, elas e as gerações futuras nunca poderão adquirir cigarro legalmente, porque a verdade é que não existe uma idade segura para começar a fumar, argumenta.

Verrall destacou que o governo também deve legislar para restringir os locais de venda de cigarro e permitir apenas produtos com baixo teor de nicotina no mercado para reduzir as probabilidades de vício das pessoas.

Comente!

Ex-funcionário diz que Extra no litoral de SP reembala carne vencida para venda

Artigo Anterior

Não há maldade mais cruel do que pessoas disfarçadas do bem

Próximo artigo