publicidade

Número de óbitos na Itália e na Espanha começam a diminuir

Números de mortos e de contágios na Espanha, Portugal, França e Itália começam a diminuir em comparação com dados das últimas semanas.



O número de contágios e mortes na Europa por conta do coronavírus está começando a cair, dando sinais de que o continente mais afetado pela doença pode estar começando a se estabilizar.

A Itália, país com o maior número de mortos por coronavírus no mundo, registrou no domingo (5) a menor taxa de mortos em 24 horas em duas semanas, com 525 óbitos.

Porém, nesta segunda-feira (6), o número de vítimas voltou a subir, com 636 novas mortes. O país tem 16.523 mortos, com o norte sendo a região mais afetada.

A Espanha, que passou a Itália em número de casos e é o segundo país com o maior número de enfermos, com 135.032, registrou um aumento diário de 3,2% nesta segunda-feira (6), a menor taxa registrada desde o começo da pandemia.

O número de mortos no país chegou na marca de 13.055, com 637 novos óbitos em 24 horas, mas a porcentagem também é menor comparada com atualizações das últimas semanas. Ainda assim, o país ocupa o segundo lugar com a maior quantidade de mortes pelo mundo.


A França, quinto país no mundo com o maior número de infectados, registrou hoje um número de mortos menor que no domingo (5). Nas últimas 24 horas, 357 pessoas morreram, fazendo com que o país passasse a marca de 8 mil vítimas fatais pelo coronavírus. O país tem 70.478 casos confirmados.

O Reino Unido registrou hoje também o menor número de mortos em 24 horas desde o da 31 de março, com 439 óbitos.


A taxa representa um número bem abaixo da registrada no final de semana, com o sábado chegando a 708 mortes e o domingo com 621.

Em Portugal, que decretou estado de emergência por conta da pandemia, o número de contágios está caindo e mostra uma desaceleração gradual no número de casos. O país já tem 11.730 pessoas infectadas e 311 mortos.

Em todos eles, as quarentenas totais e isolamentos foram apontados como os motivos por trás das taxas de desaceleração da pandemia, além dos testes massivos para encontrar os doentes e começar os tratamentos contra a doença.

 

Direitos autorais da imagem de capa: reprodução.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.