Notícias

Nuvem gigante de areia espalha o medo entre moradores de Pereira Barreto

nuvem de

Na tarde desta sexta-feira (1), uma nuvem de areia gigante foi registrada às margens do rio Tietê, em Pereira Barreto, no interior de São Paulo.



A nunvem de areia deixou os moradores da região bastante apreensivos. Outras cidades também registraram o fenômeno na região de Presidente Prudente e no estado de Mato Grosso do Sul.

Em conversa com o G1, o comerciante Moacir da Silva conta que viu a tempestade se aproximando e decidiu usar o celular para gravar a cena.

“Fiquei assustado. Escureceu muito rápido. O trem foi aumentando, mas eu precisei parar de filmar, porque começou a vir muita areia no meu olho. Choveu só terra no momento. […] Foi feio. Tinha um barco dentro da água. Ele simplesmente sumiu. A nuvem de areia cobriu o barco. Não sei o que aconteceu. O susto já passou. A nuvem de areia passou e depois começou a chover de verdade”, contou. Segundo a meteorologista Dóris Palma, o fenômeno é comum, especialmente nesta época do ano.


“Tempestade de areia se formam, normalmente, durante o período de transição da estação mais seca, que foi o inverno, para a estação mais úmida, que tende a ser entre o período de primavera e verão. Essas tempestades de areia se formam quando temos vários dias consecutivos sem chuva muito significativa”, diz.

“As frentes de rajadas que se formam antes dessa tempestade chegar provocam fortes ventanias, o que, literalmente, levanta toda a poeira, mantendo esse aspecto bem escurecido dessa poeira. Quando as nuvens carregadas se formam e se juntam com toda a poeira, temos um céu bem escuro, um aspecto bem assustador”, complementa. Veja as imagens:


Marcos Mion critica suposta harmonização facial de Ricky Martin

Artigo Anterior

Recém-nascida morre asfixiada após ser esquecida na cama dos pais

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.