3min. de leitura

O admirável mundo das pessoas que acreditam que sempre pode ser melhor…

Há um tipo de pessoa que parece cada vez mais raro no mundo: aquela que possui uma esperança, um otimismo sem igual.

Não que vive apenas de ilusão, mas que entende que o Universo pode fazer o seu melhor em momentos que tudo parece não dar muito certo.


Este tipo de pessoa é sem dúvidas, admirável. E algumas nem sabem exatamente de onde vem esta força, esta certeza. Um pouco de si, um tanto de Deus, uma mistura dos dois.

Enquanto a gente desacredita, elas estão aí, firmes e fortes. A gente alimenta poucas expectativas, justamente para não dar de cara com a frustração. Estas pessoas encontram soluções e saídas mesmo quando se deparam com realidades distorcidas. E se algo não der certo visualizam outras formas de tocar vida, de encarar os fatos.

Seriam seres evoluídos nos ensinando algo que não conseguimos aprender? Seriam pessoas que compreendem que a vida não é exatamente como a gente quer ou planeja e por isso, veem os fatos como eles são e respeitam o que não podem mudar?

Há sempre um riso e um sorriso, sem desespero, sem o medo que atemoriza. Este medo que é tão real para nós seres normais. Há uma consciência inconsciente que se revela em suas palavras. Elas podem se abalar, porém, não é algo duradouro. Refazem a vida, os sonhos, se reinventam.


Sim, estas pessoas existem. Admiráveis, daquelas que a gente quer sempre por perto, quer imitar, que duvidam do que não pode ser. Bom seria sempre estar rodeado de seres assim.

Talvez não seja tão fácil, mas uma só, pelo menos para servir de exemplo diante das nossas desconfianças e das tais frustrações que temos dificuldade de encarar sem nos sentirmos derrotados.


Uma só dessas pessoas vale por muitas.

Vale por mudarem nossa visão da vida e nos fazem agradecer por que vieram nos mostrar que poderíamos ser assim se soubéssemos ver as coisas por outros ângulos, sem esperar só o que queremos, mas esperar o melhor, mesmo que o melhor não seja nada daquilo que sempre esperamos.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.