ColunistasReflexão

O amor é uma busca diária… Sem essa semente vivemos em um vazio absoluto.

O amor é uma busca diária. É um desejo sem fim de vivenciar e prosperar

O amor é uma busca diária. É um desejo sem fim de vivenciar e prosperar



A busca do amar, de quem toque o coração. Aquela paixão ardente que incendeia a chama da nossa essência.

A gente vive procurando entender qual a razão de querer amar alguém. Quando nem sempre podemos amar. Nem sempre estamos prontos para o amor.

O fato é que estamos na busca. A procura de nosso complemento e leveza, pois o amor nos deixa leve. O amor nos convida a bailar. E quando estamos com esta sensação de leveza e segurança, que só este sentimento nos proporciona, temos ainda mais coragem, desejo e vontade de enfrentar a vida.


Às vezes caminhamos e encontramos algumas pessoas que com suas ideias, com seus contextos e suas histórias. Poderiam acender em nós o que de melhor existe em um sentimento.

Tentamos, lutamos. Mas o amor não vem. Enquanto um buscar o amor no outro ele vai se esconder. Ele chega sem que precise buscar. Se pretende procurar o amor no outro, ele pode até se aproximar, mas não pousa e nem cria raízes. Amor são raízes. O amor é um rizoma de acontecimentos.

Eu não fui capaz de tocar seu coração. O momento não me permitiu te amar. Sim, há tempo em que o amor não se pode nascer. Há lugar em que o amor não se pode germinar. Somos sementes férteis e nascemos em terras boas. O amor faz parte deste lugar onde costumamos chamar de ser. O amor faz parte de nós.

Sentimos saudades. Quem já amou sente falta desse alimento.


Alguns amores são fáceis de germinar. Outros vivem a procura de uma boa terra para crescer.

Alguns nascem e crescem rapidamente. Outros precisam de um tempo maior para nascer.

E assim vamos seguindo. Querendo encontrar nutrientes que daquela terra possa brotar amor. Até chegar em uma região apropriada. Assim seguiremos tentando encontrar um local para que a flor da ternura possa florescer.

Não é que você não me queira amar, eu sei disso. Foi a semente do meu amor que não prosperou em nós.


O amor é uma busca diária. É um desejo sem fim de vivenciar e prosperar. Sem essa semente vivemos em um vazio absoluto.

Precisamos desta semente para beneficiar a terra para que o nosso ser faça crescer outros sentimentos.

O amor tem o tempo certo para germinar…

Se ele ainda não nasceu em seu coração, siga sem se importar sobre quando a semente do amor nascerá em ti, mas aproxime-se e dê a si terra fértil para que um dia alguém possa tocar seu coração.


A mágica do amor é o milagre do amar. Que um dia este sentimento possa nascer com toda força e vigor em seu coração. E que está flor possa nascer na terra que alimenta o seu ser.

___________

Direitos autorais da imagem: subbotina / 123RF Imagens


Não precisamos de um amor perfeito, precisamos de um amor real!

Artigo Anterior

Ouse plantar o novo para colher o inesperado!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.