4min. de leitura

O AMOR PRECISA SER LEVE…

Não compreendo a necessidade que o ser humano tem em sufocar o outro, necessidade em colocar pressão, em achar que porque ele nos ama, somos obrigados a ama-lo também.


Hoje passando pela timeline do facebook, apareceu a seguinte postagem: “Na alma ninguém manda… Ela simplesmente fica onde se encanta”.

Essa frase é uma das verdades mais lindas que já li, nós não mandamos em nada, em nenhum sentimento, não somos obrigados a ter amor por alguém, é forte essa fala, mas é algo verdadeiro.

Às vezes a pessoa é legal, interessante, chegamos a ter carinho por ela, mas isso não quer dizer que a amamos e que devemos casar e ter filhos, para chegar a esse ponto o sentimento precisa ser mil vezes mais forte, ter algo a mais, sintonia, química ou aquilo que vocês acharem melhor, mas é preciso ter.


o-amor-precisa-ser-leve-capa-e-dentro

O problema é que o outro e até nós mesmo, porque a gente também sufoca, precisamos entender que os nossos sentimentos não são iguais aos deles ou vice e versa. Quando não compreendemos isso, sufocamos, pressionamos, machucamos.

Tem quem ame e o outro nem sabe da existência do sentimento, ama-se no silencio, no olhar. Enquanto outros acreditam que amar é sufocar, é gritar para quatro cantos do mundo.


Sabe gente, é complicado quando tentamos calçar um número de sapato menor que o nosso. A vida nos da os reais sinais, os caminhos certos a serem trilhados, mas, às vezes preferimos provar o gosto amargo da dor. Talvez seja necessário passarmos por todas as aflições, para que no fim, saiamos com o espirito mais forte, porém, tenho a plena convicção que se soubermos olhar com carinho para os sinais, a vida fica mais leve.

A vida fica mais leve quando não sufocamos e quando não somos sufocados, mais leve quando nos colocamos no lugar do outro, mais leve quando aceitamos a calçar o nosso próprio número, mais leve quando entendemos que nem todas as pessoas irão nos amar, mais leve quando nos amamos em primeiro lugar e quando estamos dispostos a respeitar o espaço do outro.

Chegou a hora de todos compreenderem que o amor não é uma obrigação, não somos obrigados a nos relacionarmos com pessoas que não gostamos. Devemos respeito, mas amor não, amor só acontece quando a alma realmente se encanta. Não temos o direito de cobrar sentimentos de ninguém, é preciso deixar cair no chão dessa vida todas essas correntes que nos aprisionam diante do amor.

O amor é mais leve quando ele é livre, temos o direito de deixar nosso coração pousar aonde ele se sente atraído. A humanidade precisa compreender isso, só então quando compreenderem se livrarão desses sentimentos que as mantém refém.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.