4min. de leitura

O amor verdadeiro não deve ser difícil de identificar

Quando estamos começando a nos envolver com alguém, ou mesmo em um relacionamento de longa data, muitas vezes somos confrontados com os sinais mistos, que nos deixam confusos e sem entender se o que a pessoa realmente sente por nós é amor. No entanto, o amor verdadeiro não é difícil de identificar.


O amor verdadeiro é claro, não nos deixa questionando todas as nossas atitudes, pensando se fomos exagerados ou frios demais. 

É paciente, não nos cobra a perfeição apenas para impressionarmos a pessoa ao nosso lado, e também é altruísta, não nos obriga a pensar a todo momento no outro a ponto de nos esquecermos de nós mesmos.

Todos sabemos que o amor não é simples, mas não precisa ser um labirinto sem saída, onde sempre nos encontramos andando em círculos, sem nunca encontrar um caminho seguro. O amor não deve ser uma fórmula extremamente complicada, apenas possível para gênios.

O amor verdadeiro nos edifica, não diminui nosso senso de autovalor, fazendo-nos duvidar de nós mesmos.


O amor traz segurança. Quando você olha para a pessoa ao seu lado, sente-se feliz, completo e tranquilo, não fica tentando se conter e nem fica nervoso a cada pergunta ou demonstração de afeto.

O amor é paz, é segurança. Não é nervosismo, raiva e tristeza. Se o seu relacionamento lhe traz mais motivos de tristeza do que de felicidade, algo está errado.

O amor verdadeiro também é naturalidade. Não importa o quanto tentemos, nunca podemos forçar alguém a nos amar; ou o amor nasce dentro de nós, ou não.


Não é saudável para nossa saúde emocional mendigar amor. Se alguém verdadeiramente nos ama, encontrará tempo para nós e nos tornará uma prioridade. Se isso não acontecer, devemos seguir em frente, porque a vida não espera por ninguém.

Quando alguém nos ama de verdade, não precisamos buscar sinais ou pedir provas do seu amor, porque isso acontece naturalmente. O amor verdadeiro simplesmente flui, não precisa de gatilhos.

Nossos relacionamentos não precisam ser difíceis. Haverá fases ruins, mal-entendidos e desafios, mas não durarão para sempre, se colocarmos o amor acima de tudo, se recomeçarmos a cada vez com mais vontade de que tudo dê certo.

O amor vem para nos transbordar, para tornar nossas vidas mais felizes, mais completas, para nos trazer mais luz. Ele nos guia para os melhores caminhos e nos inspira a fazer sempre mais e melhor.

O amor não é uma busca sem fim, um mistério, ele é nítido e cristalino. Amor não se busca, acontece.

E quando tiver o seu amor, não o esconda. O amor deve ser celebrado, festejado, e não vivido à sete chaves. O amor transforma e o seu exemplo pode iluminar o caminho de muitas pessoas.

Não tenha medo de mostrar a sua felicidade, de viver a união e lembre-se sempre: o amor verdadeiro nunca será difícil de identificar.


Direitos autorais da imagem de capa: CMDR Shane / Unplash





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.