ColunistasReflexão

O ano que quase morri…

O ANO QUE QUASE MORRI capa e dentro

No ano em que quase morri, falei sobre propósito para 1500 pessoas e descobri como ser feliz. Alguns dos aprendizados



Devemos falar menos e ouvir mais.

Aprendi que nada adianta fazermos o bem, se isso alimenta o nosso ego.

Absolutamente tudo o que acontece na sua vida é sua, apenas sua responsabilidade, e que a melhor forma de conhecer as suas sombras mais profundas é observar o que você fala dos outros.


A saúde é o que mais devemos prezar nesta vida, e que ela depende única e exclusivamente do nosso estado de espirito.

O ANO QUE QUASE MORRI foto 02

Aprendi em 2016 que o amor de verdade existe. Mas para você ter ele, você precisa amar de verdade. A palavra de ordem é: amor desinteressado.

Tive milhares de provas de que o coração está sempre certo. A razão é o medo, ela não te leva pra onde a sua alma quer.


Por mais que você faça milhares de coisas pelos outros, se você não se transformar a cada dia, seu impacto não terá efeito nenhum.

Nada adianta ajudar quem não quer ser ajudado.

Este ano compreendi que somos apenas um canal do Divino, nosso cérebro é apenas um receptor de informações, e que quanto mais conectado com o Invisível você está, mais você ativa a sua criatividade.

Tive a certeza que o dinheiro é uma troca energética pelo bem que você faz por você mesmo. Pelo tanto que você busca a sua transformação pessoal diária. Quanto mais você se desenvolve como ser humano, mais você consegue de coração, criar soluções para ajudar o mundo. O universo te recompensará financeiramente.


2016 foi o ano da transformação, e diferente do que muita gente pensa, uma transformação radical exige apenas uma decisão. E não anos e nem décadas. Decisão e compromisso mudam uma história.

Em 2016 percebi também, que se estamos vivos, é porque ainda temos o que aprender, independente da nossa idade.

Você sabe o que te impede de chegar onde você quer chegar e de enxergar onde está o problema da sua vida? As histórias que você conta para você mesmo.

Não seja vítima do pior vício atual da humanidade: o vício em problemas.


Não devemos julgar, porque cada pessoa tem uma história e mais do que isso, cada pessoa interpreta a sua história de uma forma.

Antes de se vitimizar, olhe para as outras vistas do ponto. Tudo na vida é a forma que você olha para as coisas, não existe certo e errado. Existem diferentes pontos de vista.

Tive a certeza que absolutamente tudo o que entra no nosso caminho é porque precisa estar lá. Se algo ou alguém que está no seu caminho e te incomoda, não vá pelo mais cômodo e se afaste. Peça “o que posso aprender com isso?” Este crescimento é das maiores satisfações que podemos ter.

Em 2016 tive os momentos mais difíceis da minha vida, num leito de hospital com oxigênio, e percebi que, foi a melhor coisa que aconteceu na minha existência. Renasci. Podemos sempre interpretar uma dificuldade como uma coisa negativa, ou como uma oportunidade de crescimento. É uma escolha.


Nós, seres humanos, somos fontes poderosas e inesgotáveis de amor, e que a nossa mente é capaz de tudo o que podemos imaginar. Mas nada vale se focarmos a nossa atenção em atrair coisas que não vão fazer a nossa alma crescer e engrandecer.

Não existe separação no mundo, somos um só, e precisamos cuidar da nossa consciência e da nossa vibração para expandirmos a consciência coletiva.

Quer ser feliz em 2017? A felicidade é pra mim AUTORRESPONSABILIDADE. Enquanto você continuar culpando o outro pela sua infelicidade, as suas situações pela infelicidade, as suas atitudes pela infelicidade, você será infeliz.

Absolutamente tudo o que você vive foi porque em algum momento você tomou uma decisão ou uma atitude que te levou a este resultado. Sair da posição de vítima em você que precisa sempre ficar “bem na fita” com você mesmo, e procurar suas sombras mais profundas, vai te trazer satisfação. Crie coragem para enxergar o que você não quer ver, peça para as pessoas mais próximas de você te ajudarem a encontrar os seus “podres” e lute todos os dias para se tornar um ser melhor. Lute todos os dias contra eles. Isso não é sofrimento. É progresso.


Você renascerá. Você entenderá que a felicidade vem do progresso. E não existe progresso sem luta. A dor é uma opção.

Não são as metas, os números a mais na sua conta, os objetivos, as conquistas materiais e nem muitos livros lidos que vão preencher o vazio.

A autorreflexão no silêncio, com coragem de mudar que vão te trazer o que sua alma busca para 2017.

O ANO QUE QUASE MORRI capa e dentro


Desejo do fundo do meu coração que você encontre a sua versão mais do que poderosa que habita dentro de você, cheia de amor e autoconfiança para que você encontre a sua versão escura para transformá-la em luz, e te fazer brilhar a cada dia ainda mais.

Ame, ria, e sorria para as suas lutas, é na sua fraqueza que você encontrará sua fortaleza, parafraseando minha amiga Agda.

Com amor

Ana Stier


Nunca seremos completos. Esqueça o passado!

Artigo Anterior

Oração da prosperidade – para ver seu dinheiro render muito mais!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.