AmorO SegredoVida

O coração não envelhece, a pele que enruga

o coração não envelhece

Os anos enrugam a pele, mas apenas o abandono do entusiasmo enruga a alma.



“Tenha dezesseis ou sessenta anos, sempre existe dentro de cada coração humano o impulso de maravilhar-se, de admirar-se com as estrelas, o apetite pela vida.” – Autor desconhecido

Diz-se que uma pessoa não envelhece quando a pele se enruga, mas quando os sonhos e as esperanças se enrugam. A verdade é que ninguém fica mais velho por ter vivido certo número de anos, mas quando deixa de lado seu espírito e ideais.

É que, no centro do coração existe um lugar chamado amor. A vida são as folhas que o rodeiam e suas flores cheiram a beleza, esperança, alegria e entusiasmo. Juntos, eles constroem um jardim de experiências que temos de cuidar e limpar de vez em quando, deixando que atinjam seu máximo esplendor ao longo do tempo.


O fato de termos visto mais folhas no calendário não nos torna menos capazes de amar, de cumprir nossos sonhos ou de desfrutar de nossa vida plenamente. É verdade que se adquire certos vícios ou hobbies que fazem parte de uma personalidade que o tempo solidificou: no entanto, isso não é de todo mal, pois saber viver com as mudanças também faz parte da vida.

Onde alguns veem a velhice, outros veem a beleza do passar dos anos. E há mais beleza do que nos 20 ou 30 anos, das bochechas rosadas e lábios encarnados. Então esqueça os cremes antienvelhecimento, porque crescer é inevitável, mas envelhecer é uma decisão de cada um.

Acumular juventude é uma arte

“Deixem-me todas as rugas. Não levem nenhuma. Levou uma vida inteira para consegui-las”. – Anna Magnani


Não importa se começar a crescer cabelos grisalhos, se você ver rugas nos lugares mais inesperados em seu rosto ou se seu corpo lhe pede trégua a cada manhã. O que realmente importa é que você acumula experiências e saber, você sabe que é obrigatório crescer e não deixaria passar um segundo de sua vida.

O vigor de um espírito jovem não é apenas um estágio durante certas idades. Na verdade, a juventude não é um tempo, é um estado de espírito. Nós nos esforçamos para encontrar o elixir da eterna juventude, quando o que devemos fazer é procurar a vitalidade eterna.

Somar anos é a coisa mais linda do mundo, porque significa que estamos vivos e mantemos a capacidade de continuar a acumular experiências e conhecimentos.

Ser jovem em espírito significa que o amor pela aventura permanece, mas contemplando a vida com calma e consciente do efêmero.



O importante não acrescentar anos à vida, mas acrescentar vida aos anos

“Envelheça comigo! O melhor ainda está por vir.” – Robert Browning

As pessoas que acrescentam vida aos seus anos, há tempos baniram o “eu não posso” de suas mentes e sabem que idade não é um obstáculo.


Elas não possuem rugas em seu coração, porque a alma não enruga, mas cresce e se torna mais rica. Talvez nosso rosto acabe cheio de sinais de envelhecimento, mas nossos olhos vão continuar a transmitir o brilho de quem sabe que a vida foi feita para ser aproveitada.

Nunca perca a esperança, ainda que te falte força. Faça com que cada ano que passe, deixe marcas em sua pele. Torne-se um ladrão de segundos para fazer de cada momento eterno, e nunca desista do prazer de lembrar.

No entanto, apesar de as memórias serem preciosas, não delas. Enfrente seu presente com força e coragem. Acumule respeito e encante-se pela vida, afinal de contas estamos desfrutando de uma viagem sem volta.

 


___

Traduzido pela equipe de O Segredo

Fonte: La Mente es Maravilhosa


O amor é para os fortes

Artigo Anterior

O tempo passado com gatos nunca é perdido

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.