ColunistasEspiritualidade

O despertar é um chamado…

O Despertar é um

O despertar é único, cada um tem seu chamado, no momento certo, nem antes, nem depois.



A mudança parte de nós. Fechar os olhos para o que nos cerca e mergulhar no mais profundo de nossa alma é libertador. É nesse espaço sagrado que reside nossa força, nossa verdadeira natureza.

A maioria de nós carrega o sentimento de desconexão de si mesmo.

O despertar é único, cada um tem seu chamado, no momento certo, nem antes, nem depois. E é aí que se dá o grande encontro: a descoberta do verdadeiro Eu, sem máscaras. Isso nem sempre é fácil, pois somos Luz, mas também carregamos nossas sombras, assim como a dualidade que existe em cada ponto do Universo. Um precisa do outro para existir, da mesma maneira que não saberíamos o quão são essenciais os dias de felicidade se não existissem os de tristeza. A noite é tão necessária quanto o dia.


Quando percebemos o ritmo dessa dualidade em nossa vida, da alternância do positivo e do negativo descobrimos que é a força que nos impulsiona para as mudanças.

Não podemos descobrir nosso verdadeiro valor sem o esforço para mudar, sem nos olharmos de frente, diretamente nos olhos, analisar o que vemos e seguir a partir daí.

Reconhecer os erros, as falhas, os desvios pelo Caminho, é para os que estão dispostos a enfrentar seus medos, saber que não somos perfeitos e, mesmo assim, honrar cada parte nossa, nos perdoando.

É um longo caminho e, muitas vezes, doloroso e solitário.


Nossa autoimagem é construída de camadas e mais camadas de experiências passadas que se acumularam em nosso subconsciente, na forma de crenças, hábitos e padrões de pensamento e comportamento. Para uma mudança real tem que haver um comprometimento para que a cura aconteça.

Buda ensinava que todos os seres têm uma natureza búdica. Quando sabemos que essa natureza está em nós, assim como a pérola que se encontra protegida no interior da concha, isso nos abastece de alegria e nos encoraja a avançar com mais esperança em cada passo.

Se você se empenhar em ser melhor, em tornar melhor o que já está aí e valorizar tudo o que você pode ser ou fazer: eis o start.

A mudança parte de nós. É nesse espaço sagrado que podemos transformar em bênção o que quer que seja. E, de repente, a vida nos surpreende com infinitas bênçãos refletidas em cada instante.


Ainda que, nesse momento, as coisas não estejam como você gostaria, que você veja a escuridão em toda parte, não desista. Siga em frente, dê uma pausa, acerte o passo. As noites escuras acolhem as mais brilhantes estrelas. Assim como na vida, só precisamos saber acolher com amor a escuridão, valorizar a sua necessidade, deixar de vê-la como uma inimiga.

Quando somos capazes de atravessar nossos desertos saímos mais fortalecidos, mais calmos, sábios e treinados.

Sigamos em frente, sempre, carregando em nosso coração toda a essência daquilo que desejamos, daquilo que queremos ser! Lembre-se: a semente já carrega em si a essência da árvore.



Direitos autorais da imagem de capa: edinorog12 / 123RF Imagens

“no final tudo ficará bem. Se não estiver bem, é porque não é o final.”

Artigo Anterior

Pessoas verdadeiramente íntegras possuem essas 8 qualidades

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.