ColunistasLei da Atração

O efeito zenão: pensou, acreditou e sentiu?! Então… Solte!

o efeito zenão

Mas quem era Zenão e por que esse fenômeno quântico leva esse nome?



Lembram quando éramos adolescentes que ouvíamos falar: “Solte o passarinho,  pois se ele voltar… é porque sempre foi seu!”

É mais ou menos por essa linha que tentarei explicar o efeito Zenão, porém com uma mudança: solte, pois se você pensou, acreditou e sentiu, ele COM CERTEZA, voltará!

Mas quem era Zenão e por que esse fenômeno quântico leva esse nome?


Zenão de Eleia foi um filósofo pré-socrático da filosofia grega. Considerado por Aristóteles como o criador da dialética, ele criava paradoxos, ao invés de contestar direto as teses das quais discordava. Um dos seus paradoxos mais complexos baseava-se em provar que o movimento não existe. Dentro desse contexto, existe o paradoxo da flecha imóvel que consiste em afirmar que uma fecha em voo está a qualquer instante em repouso.

Instigante, não? Mas o que isso interessa a física quântica e a realização dos nossos sonhos?

Bem, esse efeito quântico Zenão, que foi chamado anteriormente de paradoxo de Turing, muitas vezes é interpretado como: “um sistema não pode mudar enquanto você o observa”.

Ou seja, cada vez que nós observamos um sistema ou o medimos, ocorre o colapso da Onda quântica. Calma! Tentarei facilitar: pegaremos, como exemplo, um núcleo radiotivo. Se medíssemos a cada hora quantos átomos decairiam, é muito provável que 50% o teria feito. Porém, se passássemos a medir o decaimento por minuto, ao final de uma hora, somente 1% o faria. É possível, que se continuássemos a observar, nenhum deles decairia.  Isso fisicamente indica que a nossa observação constante, congela o estado quântico do sistema.


Em suma, o EZQ (O efeito Zenão quântico) significa para nós que, quanto mais ansiosos pelos resultados, quanto mais pensarmos nele ou falarmos nele, nós  estaremos congelando-os! Isso mesmo! Não adianta fazer a fórmula toda: pensar + acreditar = sentir, se você não SOLTAR. È aquela história do carro na garagem… você pediu, imaginou os detalhes, acreditou que ele é real, criou tudo que vai poder fazer com ele e depois sentiu-se feliz por já possuir aquele automóvel. Porém, a cada uma hora vai ver se ele já está na garagem ou, em todas as oportunidades, você fala dele!

Isso significa que está ansioso pelos resultados e ansiedade envia mensagens de carência para o universo, de que algo está faltando e que tem que acontecer.

Jesus Cristo, o maior físico quântico de todos os tempos, já nos ensinava: (Mateus 6:27) “Quem de vocês, por estar ansioso, pode acrescentar um só côncavo à duração de sua vida? Também, com respeito à roupa, por que estão ansiosos? Aprendam uma lição dos lírios do campo, de como eles crescem; não trabalham nem fiam. Mas eu lhes digo que nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestia como um deles.”

Dessa forma, podemos entender que a nossa ansiedade de que o processo se conclua e conceba logo, trava/paralisa a manifestação dos nossos sonhos. E isso pode estar acontecendo com você! Mentaliza, pensa, acredita e de novo… mentaliza, pensa, acredita e NADA! As coisas não acontecem, pois você está travando o processo de criação.


Então, pense na metáfora do passarinho e solte… deixe-o (seu pedido) voar até o universo, que ele voltará, COM CERTEZA, em forma de materialização dos seus sonhos!


Direitos autorais da imagem de capa: wallhere.com / 203651


Descubra quem é a pessoa mais importante da sua vida

Artigo Anterior

Já reparou como existem diferentes formas de amar em uma única pessoa?

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.