ColunistasComportamento

O ego é o seu melhor amigo e o seu maior inimigo. Entenda o porquê:

o ego

Viver em harmonia com controle do ego e sem estar sob o domínio dele é o que de fato precisamos. Não há como conseguir o que queremos sem acreditarmos que somos capazes disso e apenas um ego forte nos traz essa possibilidade.



Ele ganha muitos adjetivos ruins e tem má fama. Quem é conhecido por ter o ego forte já ganha status negativo. Só que as coisas não funcionam assim e, ao contrário do que crescemos ouvindo, precisamos, muito mais do que imaginamos, ter o ego fortalecido.

Sabe aquele amigo que desiste de todos os projetos? Todo mundo conhece uma pessoa assim ou já passou por uma fase dessas. O desafio chega e ele (ou nós) fugimos pela tangente. Por quê?

Jesus, grandes líderes e muitos daqueles que mudaram o mundo tinham o ego forte. Há uma confusão rondando por aí de que quem é iluminado, humilde ou evoluído, é inimigo do seu ego. A verdade é o total oposto disso. Viver em harmonia, com controle do ego e sem estar sob o domínio dele é o que de fato precisamos. Não há como conseguir o que queremos sem acreditarmos que somos capazes disso e apenas um ego forte nos traz essa possibilidade.


Mas o que é o ego? É a personalidade individual formada pelas experiências vivenciadas. Com base nisso, ele atua em função do interesse próprio do indivíduo (lutando pelo que desejamos e fugindo do que não desejamos).

Quando vivemos em descontrole do ego, acontecem algumas coisas automaticamente e que interferem nos resultados que buscamos: fazemos ou deixamos de fazer coisas para termos sempre razão e parecermos perfeitos. Esse é o lado ruim do ego, aquele da qual mais ouvimos falar, e que deixamos que manipule as nossas decisões para mostrarmos aos outros algo que não somos.

A parte boa do ego fica escondida, mas precisamos dela para vivermos plenamente, necessitamos dessa ajudar para superarmos os desafios com confiança, sem desistir a cada intempérie.

O ego é nosso melhor amigo, quando mantém a nossa vitalidade e nos ajuda a encontrar respostas com base no que já foi experimentado ao longo da vida.


Não saber lidar com o ego tem um impacto muito forte: traz padrões que nos aprisionam nos mesmos resultados durante uma vida toda. Aquelas situações que surgem de período em período e das quais não conseguimos nos libertar.

O ego é a nossa identidade, aquilo que nos torna únicos em relação ao todo e quando perdemos o controle disso, perdemos o controle de quem somos e como conduzimos o nosso destino. A rota se apaga no mapa e não sabemos mais por qual caminho seguir.

Perguntar-se a cada atitude o motivo daquela ação estar sendo tomada vai criando o hábito de lidar com o ego. Por que estou fazendo isso de verdade? Quero ser amado? Preciso de dinheiro, mas para o quê? Para ganhar mais carinho? Buscar cada motivação na raiz dos nossos atos ativam o lado bom do ego, a força e a determinação para fazer o que é certo da maneira mais adequada possível. Pare, pense antes de agir.

Sejamos amigos do ego. Que ele traga à tona aquilo que somos de verdade e que nos dê a certeza de que temos a capacidade de pensar grande, não apenas melhorando as nossas vidas, mas enxergando como podemos melhorar as vidas de outras pessoas também.



Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: friday / 123RF Imagens


Seja inteligente. Aproxime-se dos bons e afaste-se dos que aparentam apenas ser

Artigo Anterior

Antes de seguir em frente, supere

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.