publicidade

O equívoco da inveja

Na descrição do dicionário, vemos a inveja descrita como o desejo de possuir algo que não é nosso.

Esse sentimento é, frequentemente, acompanhado por uma espécie de “lado negro” da admiração, ou seja, admiramos o que o outro tem, desejamos ter o que ele tem e, como não temos, acabamos sentindo uma espécie de raiva por ele ter.



O interessante é que nunca paramos para observar como o outro tem dificuldades e problemas diferentes dos nossos e não possui coisas que possuímos.

Quando entendemos dois simples pontos, passamos a não invejar o que o outro tem. Vejamos esses pontos:

1. Nossos problemas não são maiores do que os problemas do outro, tampouco os dele são maiores que os nossos, já que cada um tem a sensibilidade diferente.

Podemos encontrar pessoas que sofrem demasiadamente por uma dor de cabeça e ficam extremamente mau humoradas por isso. Outras podem ser acometidas de uma doença grave e levar a situação de forma muito mais tranquila do que a que tem a dor de cabeça.


Seria isso “frescura” dessa pessoa? Não. Apenas a sua sensibilidade é diferente.

2. O que o outro tem, pode ser muito bom para ele, mas o que você tem foi feito sob medida para você. Talvez se você tivesse o que ele tem, não fosse capaz de manter da mesma maneira que ele. O que acarretaria um novo problema.

Definitivamente, a grama do vizinho não é mais verde que a nossa. Apenas não somos capazes de enxergar as ervas daninhas que atrapalham o jardim dele ser mais florido ainda, pois está mais longe do nosso campo de visão.


Sempre veremos o nosso jardim mais defeituoso que o do outro; isso porque estamos perto demais dele e conseguimos ver cada detalhe.

Viva a sua vida com o que você tem. Tudo o que recebemos vem com um “brinde” de algum grande ou pequeno problema que só vamos descobrir mais tarde, pois nada é perfeito.

Ter consciência da imperfeição de tudo a nossa volta, certamente nos fará mais felizes e gratos por tudo!


Direitos autorais da imagem de capa: wall/alphacoders.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.