O erro é mestre, é professor



E de cada erro, cada engano, uma grande lição.

Quantas vezes me enganei com situações, pessoas, circunstâncias? Incontáveis.

Todos enganos baseados em expectativas depositadas, fundamentadas em crenças de como eu achava que as coisas deveriam ser, e não como de fato eram.

E de cada erro, cada engano, uma grande lição. Não houve erro que não tenha trazido junto um valioso aprendizado.

Erra a mente inquieta. Erra o passado e o futuro tentando encobrir o presente.

Erra toda e qualquer consciência apegada a enxurrada de pensamentos ilusórios da mente.

Ilusórios, pois, baseados no tempo, se é passado é lembrança, se é futuro é imaginação, ou seja, não existem.

Não há ser que não erre, e isto está perfeitamente bem. Sem erros não há progresso.

São tentativas, degraus, chances dadas a nós.



Retire-se do medo, do passado e do futuro, de sua mente barulhenta e permaneça no agora.

Deixe falar a sua intuição, que é o impulso direto do Coração.

E este sim, este podemos sentir que não se engana. Se ouve o seu chamado genuíno do coração, ainda que não compreenda o sentido com a mente limitada e medrosa, ainda que não entenda, acredite.

O que está no coração não erra, não julga, não condena, não se engana, não se perde. 

Um grande abraço, com amor.






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.