6min. de leitura

O extraordinário poder das pessoas realmente positivas

Quando pensamos em atrair uma vida mais próspera e feliz para nós mesmos, logo vem em nossas mentes incorporar uma dieta mais saudável, investir em novas experiências, começar a fazer alguma atividade física, ou até mesmo mudar de emprego, cidade ou país.


No entanto, uma coisa que muitas vezes nos esquecemos de avaliar são nossas companhias.

As pessoas das quais nos cercamos são grandes influenciadoras de nossa felicidade e bem-estar, isso é o que dizem os cientistas.

De acordo com pesquisadores, existem comportamentos relacionados à saúde que podem ser contagiosos e nossas conexões sociais, sejam presenciais ou online, podem influenciar algumas condições de saúde, como nível de felicidade, obesidade e ansiedade.

Um pesquisador e autor do National Geographic, chamado Dan Buettner, fez uma grande pesquisa sobre as pessoas que vivem nas zonas azuis, lugares do mundo em que a expectativa de vida é mais elevada do que a média. Seu estudo foi baseado nos hábitos de saúde dessas pessoas, e o quanto esses hábitos estavam relacionados à sua longevidade.


Em sua pesquisa, ele pôde observar que nesses lugares, as amizades positivas são realmente importantes.

“Os amigos podem exercer uma influência mensurável e contínua em seus comportamentos de saúde, de uma forma que uma dieta nunca pode”, disse Buettner.

Uma dessas zonas azuis é a cidade de Okinawa, no Japão. Nessa cidade, a expectativa de vida das mulheres chega até os 90 anos.

Os okinawanos possuem um hábito muito interessante, que pode ser parte fundamental de sua grande longevidade. Nessa cidade, são muito tradicionais os moais – um grupo de cinco amigos que oferecem serviços sociais, logísticos, emocionais e até suporte financeiros um ao outro por toda a vida.


Buettner fala sobre isso: “É uma ideia muito poderosa”, “Tradicionalmente, seus pais os colocam em moais quando nascem e essas pessoas vivem suas jornadas juntos”.

O grupo do moai está junto sempre, em momentos bons e ruins. Eles comemoram juntos as boas coisas da vida e também estão sempre por perto durantes as fases difíceis. Essa proximidade também faz com que eles constantemente influenciam os comportamentos de seus companheiros, inclusive os hábitos de saúde.

Buettner se tornou tão adepto da ideia que está tentando implementá-la em seu país, Estados Unidos. Para isso, conta com a ajuda de autoridades federais e estaduais de saúde, além do ex-cirurgião-geral dos Estados Unidos, Vivek Murthy, para criar moais em vinte e quatro de cidades em todo o país.

Em uma cidade do Texas, Fort Worth, alguns moradores já estão criando os seus próprios mais e se reunindo regularmente para caminhar e se socializar.

“Descobrimos que, em algumas dessas cidades, você pode simplesmente unir as pessoas que querem mudar comportamentos de saúde e organizá-las em torno de caminhadas ou uma festa baseada em vegetais”, disse Buettner.

“Nós os incentivamos a sair juntos por 10 semanas. Criamos moais que agora têm vários anos e ainda exercem uma influência saudável na vida dos membros”.

Os moais que realmente dão certo são aqueles que reúnem pessoas semelhantes. No começo, a equipe da Zona Azul busca unir pessoas com base na geografia e nos horários de trabalho e família para começar. Após isso, fazem perguntas com o objetivo de estabelecer interesses comuns entre essas pessoas.

“Você organiza as coisas em favor de um relacionamento de longo prazo”, disse Buettner.

Para ajudar as pessoas a avaliarem de forma concreta a influência dos contatos sociais em suas vidas, a equipe da Zona Azul criou um questionário, que fazia perguntas focadas em seu estado de sua saúde, frequência de hábitos de bebida, de exercícios e também de comida, englobando também suas perspectivas de vida.

Com isso, eles esperavam conscientizar essas pessoas daqueles que eram realmente bons para elas, encorajando-as a passarem mais tempo com essas pessoas.

Buettner aconselha as pessoas a se aproximarem de três a cinco amigos na vida real, e diz:

“Eu argumento que a coisa mais poderosa que você pode fazer para acrescentar anos saudáveis ​​é curar sua rede social imediata”.

No entanto, é preciso estar atento à qualidade dessas amizades: “Você pode ligar para eles em um dia ruim e eles vão se importar. Seu grupo de amigos é melhor que qualquer droga ou suplemento antienvelhecimento, e fará mais por você do que qualquer coisa.”

O que você acha disso? As companhias realmente são fundamentais para determinar nossa qualidade de vida? Comente abaixo, falando um pouco sobre suas amizades!


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: andersonrise / 123RF Imagens





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.