O hoje é uma benção. E tudo o que acontece hoje, esteja certo, é para o nosso bem

5min. de leitura

O hoje é uma benção. Escolha ser HOJE o melhor que você puder, porque é justamente o seu desejo sincero de fazer o melhor por você mesmo e pelo mundo que o dará aquele sentimento de paz interior, apesar de todos os pesares. 

Aprenda a se perdoar. Simplesmente, perdoe-se. Nós somos seres humanos e, como humanos, estamos muito longe da perfeição. Bobagem querer ou acreditar que vai agradar a todos e lançar-se nessa busca desenfreada – e, às vezes, tão dolorosa – que nos leva a abafar os gritos e clamores da nossa verdade em nome de corresponder às expectativas, aos desejos e às verdades dos outros.



Quem são os outros?

Às vezes nos cobramos tanto e nos diminuímos tanto e nos machucamos tanto em função desse medo que sentimos dos julgamentos e das críticas das outras pessoas que, ao invés de nos munirmos de coragem e tomarmos o impulso necessário para sairmos do fundo do poço, continuamos a cavar. E ao cavarmos cada vez mais, cobrindo de camadas e mais camadas de crenças e valores limitantes a nossa autoestima, começamos a acreditar que o melhor mesmo é nos protegermos da vida.

Porque assumir riscos pode ser doloroso. E pode nos afundar ainda mais. Mas pode também ser a mola propulsora que faltava para o nosso impulso, a corda do empoderamento que, ao contrário de nos estrangular com ainda mais pensamentos limitantes de “eu não vou conseguir ou não sou capaz”, nos resgataria de nós mesmos.

É isso. Pode ser que você erre mesmo. E que se diminua. E que chegue ao fundo do poço. E que precise desesperadamente de alguma coisa ou de alguém que o ajude a sair de lá.

E pode ser que seja você a grande ajuda do outro. A palavra que impulsiona. A mão estendida. Ou aquele que, às vezes, sem perceber, ou com a melhor das intenções, pode acabar magoando-o e diminuindo-o também.


E então pode acontecer de você tentar e não conseguir. De você lutar por você, mas ser nocauteado. De você lutar pelo outro, mas ser derrubado antes mesmo de entrar na arena, porque, às vezes, era o outro quem tinha que lutar mesmo. E porque, de repente, ele nem queria a sua ajuda – não dá para ajudar aquele que não quer ser ajudado.

É isso. Em alguns momentos, o ego machucado vai gritar, vai inflar, vai querer bloquear a nossa consciência. E, quer saber? Ok. Você não precisa se martirizar por isso.

Escolha ser HOJE o melhor que você puder, porque é justamente o seu desejo sincero de fazer o melhor por você mesmo e pelo mundo que o dará aquele sentimento de paz interior, apesar de todos os pesares.

Não se julgue. Não se culpe. Não fique achando que errar significa não ter feito o melhor. Às vezes, preste atenção, o melhor que podia ter lhe acontecido foi justamente o “erro”.


Se você errou em algum momento da sua vida, significa que, ao contrário de uma postura de comodismo ou passividade diante do que poderia se configurar como uma valiosa experiência, e do medo paralisante de abandonar a zona de conforto e se lançar na arena da vida com ousadia, você tentou.

Só por hoje. Você tentou. Só por hoje. Porque o hoje é uma benção. O hoje é uma benção. E tudo o que acontece hoje, esteja certo, é para o nosso bem.


Direitos autorais da imagem de capa: /wallhere.com/pt/user/70906

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.