ColunistasReflexão

O homem é o único ser que nunca se encontra totalmente satisfeito!

O HOMEM É O ÚNICO SER QUE NUNCA capa e dentro

A maior causa da infelicidade é o fracasso da pessoa como ser humano.



De todos os seres vivos, o homem é o único que é infeliz.

Uma flor é uma flor. Um gato é um gato. Uma borboleta é uma borboleta. Ninguém até agora sabe de algum caso de um animal com crise existencial por não querer ser o que se é.

Ninguém conhece o caso de um cão que está deprimido por não ser um elefante.


O homem é o único ser que não está feliz em ser o que ele é!

Isso me deixa a refletir se a condição humana não é apenas uma etapa transitória em vias de evolução para outra condição.

O ser humano é um ser em desenvolvimento, em busca de ser alguém que ainda não sabe quem.

O homem é um projeto inacabado.


É o único ser que nunca se encontra totalmente satisfeito.

A insatisfação é a marca registrada do homem.

Portanto o ser humano nunca será totalmente feliz, nunca alcançará a plenitude de suas bem-aventuranças, pois no momento que alcança o que almeja, já não deseja mais o que alcançou.

Mas é possível a nós termos a nossa cota de felicidade relativa e proporcional ao nosso entendimento individual.


Sim, pois a sua felicidade não me faz feliz.

A felicidade de um general conquistador é estar no campo de batalha. A paz e o sossego para ele são um tormento.

A felicidade para um monástico é viver enclausurado no templo.

Se colocarmos o general sanguinolento em um mosteiro, e o monge pacífico no quartel, ambos se tornarão infelizes. Daí concluirmos que felicidade está condicionada com QUEM nós estamos relacionados.


O amor que nunca me pertenceu…

Artigo Anterior

Os amigos que só toco com o coração…

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.