Reflexão

O inseguro e ciumento sabe que a outra pessoa merece coisa melhor!

Capa O inseguro e ciumento sabe que a outra pessoa merece coisa melhor

Ao invés de focar em melhorar a relação, algumas pessoas atacam a pessoa que dizem amar.



Eis algo que pode ser que não tenham contado para você: às vezes – na maioria delas, na verdade –, a forma como o outro age diz mais sobre ele mesmo do que sobre nós, mesmo que a atitude em questão seja um ataque.

Você pode estar apenas lidando com uma pessoa que mistura questões pessoais com todos os outros aspectos da vida, o que pode resultar em atitudes ríspidas contra quem não tinha nada a ver com a história, ou com um sádico que gosta de ver os outros desconfortáveis. Independentemente de como chegam as pessoas desagradáveis, uma coisa é certa: abaixo de toda a pompa e circunstância, o que temos no âmago é uma pessoa insegura.

A insegurança é uma sensação comum a todos nós. Sim! Mesmo aquela sua amiga que nunca transparece fraqueza ou incômodo também sente que não está entregando sua melhor versão em algum aspecto. Nossa mente nem sempre é nossa amiga, por isso, às vezes, podemos ter inseguranças que não condizem com a realidade, por exemplo, uma pessoa que é muito elogiada por seu trabalho, mas acha que não merece tal reconhecimento, pois não enxerga a grandiosidade de suas ações.


Essa insegurança faz com que esse indivíduo hipotético – que se assemelha a muitos de nós – se considere uma farsa e possa até estar sofrendo da tal “síndrome do impostor”.

O que pode ser complicado é quando a insegurança extrapola o nosso imaginário e começa a influenciar diretamente nossa vida, prejudicando nossos desempenhos e relações. No âmbito romântico, isso pode ser muito perigoso!

É comum parceiros que não se consideram dignos de amor provocarem discussões aparentemente do nada. Surtos de ciúme por coisas básicas que seu companheiro fez, ou nem fez, algo tirado cem por cento da mente de quem diz. O inseguro se torna um ciumento, que não percebe que quem é o causador de suas crises é ele mesmo por conta de sua mente que o sabota.

É triste dizer, mas precisa ser dito. Uma pessoa insegura demais, que descarrega no seu amor todos seus problemas de afirmação por medo de ser deixada para trás por alguém que seja “melhor”, pode estar criando um problema em sua relação. E pode muito bem ser a razão da rusga nessa paixão.


Por mais insano que pareça para quem tem uma mente que joga contra si, o seu parceiro está contigo porque gosta de você, não existe nenhum truque ou desafio. De fato, existem diversas pessoas interessantes pelo mundo, mas agora, neste momento, a pessoa que ama escolheu estar com você. Ao invés de se preocupar se ele ou ela encontrará alguém melhor virando a esquina, que tal viver esse momento bom juntos?

O ciúme nasce da insegurança, e esta tem origens tão únicas para cada pessoa, que é difícil passar uma lista de “coisas a fazer para não deixar que sua insegurança envenene sua relação”. Buscar ajuda é sempre uma ótima opção! Um profissional capacitado da área da psicologia será capaz de ajudar a controlar essa sensação de não pertencimento, mas nunca apagá-la, pois como foi dito antes, sentir-se inseguro, às vezes, é natural.

A intenção dessas palavras não é assustar ninguém, mas é importante que fique claro: sua tortura incessante, pensando que seu parceiro merece algo melhor, pode ser exatamente o que vai fazê-lo perder o encanto por você. Isso não quer dizer que você não deva falar com seu amor sobre suas questões, mas lembre-se que o apoio da pessoa amada deve ser um auxílio na batalha que você lutará sozinha para se aceitar mais.

Se você enxerga problemas na sua relação, tente resolvê-los com seu parceiro, não buscando cenários trágicos onde você é deixado para trás.


Hoje a pessoa que você ama, ama você de volta. Permita que apenas isso importe.

Prenderam a mulher que jogou sopa quente no rosto da funcionária. Vai pagar por sua agressão

Artigo Anterior

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.