ColunistasSignos

O lema de um virginiano é: cabeça erguida, sempre! – ( vou lhe dizer como é um virginiano – parte 2 )

Vou lhe dizer como é um virginiano – Parte 2



As pessoas frequentemente comentam que é comum ao ser humano ser competitivo, principalmente nos dias de hoje, que você deve ser a mais bonita, rica, inteligente, jovem, popular, engraçada…

Muitos se preocupam em querer ser tudo isso ao mesmo tempo, assim como também superar os demais, pois faz parte da essência humana. Veja só o que falei, “humana”, não virginiana. Pois não nos colocamos nesse grupo humano. Logo, não precisamos competir com mais ninguém, a não ser com nós mesmos, porque quem estaria a nossa altura?

Ora, nós virginianas nos julgamos “semideusas” logo essa perda de tempo chamada “competição” não faz parte da nossa realidade. Competir com quem? Quem estaria apto a nos vencer, ora bolas!


Somos perfeccionista, e isso nos basta. E uma virginiana está sempre satisfeita em ser quem ela é, e como ela é. Somos satisfeitas com nossa essência, vida, nosso jeito único de ser… Para que eu vou querer competir com os outros, se na verdade a batalha de uma virginiana  é sempre com ela mesma? Que entrem em competição os tolos, nós na sabedoria de virgem, buscamos ultrapassar e melhorar a nós mesmos.

Se  a vizinha é bonita, achamos ótimo, adoramos observar o que é belo, pois agrada aos nossos olhos apreciar a beleza alheia. Para que invejar, se eu como virginiana confio nos meus atributos, até porque encantamos os homens não só por nossa beleza, mas sim por nosso caráter e personalidade. Nossa beleza é apenas um detalhe, ou seja a competição feminina deixamos para as fracas de espírito, uma boa virginiana sempre se garante e jamais precisará disso. O nosso conteúdo é a nossa maior beleza.

E se alguma colega tirar uma nota maior na faculdade, se for nossa amiga, ficamos felizes, e se não for para a gente é um tanto faz, afinal ela se esforçou para isso. Não nos incomodamos com a inteligência alheia, é muito ao contrário, pois adoramos pessoas inteligentes por perto, assim unimos nosso conhecimento, e formamos potentes grupos.

Nós virginianas nos regozijamos ao saber que não estaremos sozinhas intelectualmente, seja no trabalho, na faculdade, na amizade… Detestamos burrice, por isso, é impossível sentirmos inveja dos sábios, pois admiramos pessoas assim, que serão páreos e dignos da nossa convivência. Estou mentindo?


E por falar em inteligência somos considerados um dos signos mais inteligentes do zodíaco. Eu diria que somos o mais inteligente, em disparado 1 milhão de anos luz à frente dos outros. Pois, quem mais estaria acima de um virginiano, um ariano, gêmeos? Ah, poupe-me!  Isso seria uma bela piada, ops, acho que falei demais, mas é a sinceridade virginiana que não me deixa omitir.

Nós virginianas nos destacamos por uma sabedoria acima do normal, e não estou sendo convencida não. Até porque não estou falando de conhecimento acadêmico  o que também ( nós nos destacamos super bem) falo da sabedoria da vida, a nossa intuição aguçada, a nossa percepção apurada.

Pois notamos coisas que ninguém mais nota, pegamos as informações no ar, lemos as entrelinhas da vida, se brincar até o pensamento dos outros deciframos. Detectamos intenções, rastreamos artimanhas, e farejamos falsidades com muita facilidade. Quem pode conosco?!! O lado ruim disso, é que percebemos um psicopata muito facilmente e antes de todos, e temos que nos segurar para não revelar, pois sabemos que as pessoas podem nos maldar, pois sua ignorância não lhes permite observar, o que de longe enxergamos.

Possuímos habilidades incríveis, virgem sempre será boa em qualquer área que escolher trabalhar.  É certo que seremos a melhor cozinheira, confeiteira, professora, médica, engenheira, faxineira, jurista, e porque somos as melhores?


Porque só trabalhamos no que nos dá prazer, só fazemos o que gostamos, e no ambiente que nos agradamos.

Não ficamos com empregos infelizes, e nem conseguimos trabalhar em uma atmosfera tóxica de intrigas e falsidade. Esse tipo de ambiente acaba com uma virginiana, mas não por sermos fracas, mas sim por não suportamos a baixeza de caráter de pessoas medíocres. Murchamos em ambientes assim, ficamos igual a plantas quando não são regadas.

E o que dizer do nosso orgulho? Sim, aos olhos do mundo somos orgulhosas quando na verdade, só nos damos valor. O virginiano tem um coração bom, e não sabe ter orgulho. Pois vergonha na cara e respeito por si mesmo são os termos corretos. Excluíram de algum grupo social, de amizades, ou até mesmo da igreja? Vá em frente, não vou perguntar porque fez isso, vou seguir minha vida, não tomo satisfação, com quem não me deu sequer uma explicação!

E uma virginiana jamais se rebaixaria para presentear e saciar o ego dessas pessoas. Ah, trocou minha amizade, por uma novidade? Nem pense em voltar como antes, nossa amizade agora será a base dos comprimentos sociais ( Boa tarde, boa noite, bom dia, oi, tudo bem…)  Frases convencionais para estranhos, e assim será…


Também quero informar, que adoramos nosso lar, e não trocamos uma bela reunião de família por um coquetel com estranhos, nem que possa ser em um palácio ! O  seio familiar estará sempre em primeiro lugar.  “Nada melhor como o nosso lar, ou lar doce lar” São frases clichês que representam bem, o nosso espirito caseiro.  Pois queremos estar sempre perto de quem confiamos e nos sentimos seguras de amor fraterno, pessoas que sabemos que estão comigo por me amar.

Não pense que uma virginiana vai demonstrar ciúmes, e jamais cometa a bobagem de querer enciumá-la. Pois ela odeia jogos e molecagem. Jogue limpo, assim como somos transparentes com você. Pois, nós nos entregamos 100%, de corpo e alma a um relacionamento, pois, ao nosso amor, queremos dar até a lua, se assim fosse possível. Mas pisa na bola, para você ver se a coisa não muda!

Somos bravas, mas somos sensíveis ao extremo. E talvez essa nossa braveza, seja uma armadura para que ninguém mais possa nos ferir. Pois, como uma virginiana adora ser muito amiga, companheira, e se satisfaz em ajudar o próximo (adoramos fazer favores) estamos sempre recebendo ingratidão e deslealdade.

E por tantas decepções, usamos nossa aspereza, e, às vezes, nós nos comportamos de uma forma rude, como um tipo de escudo, porque já nos ferimos com muita maldade disfarçada de bondade.


Sentimos uma raiva extremada quando nos aborrecem, explodimos sim, e sai da frente, porque passamos como um furacão! Diremos tudo na cara sem nenhum problema, pois se já somos sinceras na calma, agora você imagine na raiva! Porém, a nossa ira esfria, o rancor congela, mas a mágoa não fica esquecida.

Simplesmente guardamos e ficamos a matutar, mas no momento certo, tenha a certeza, que tiraremos esses malfeitos das gavetas de nossas memórias, e lhe daremos o pago com exatidão.

No que posso concluir, é que uma virginiana possui uma humanidade ímpar. Porque ela tem noção dos seus defeitos, e se esforça para consertá-los,  assim como também somos muito conscientes de nossos valores e qualidades, e também nos esforçamos para conservá-los.

Nós nos valorizamos por isso, por saber quem somos, o que somos, o quanto valemos, o quanto podemos alcançar, e até onde podemos ir… A nossa valorização é muitas vezes confundida com  soberba e arrogância, quando na verdade apenas nos amamos e não nos desprezamos para satisfazer ninguém.


O lema de um virginiano é:  “ Cabeça erguida, sempre ! “   

_________

Direitos autorais da imagem de capa: dimakp / 123RF Imagens


Por um mundo de mais inclusão, “please”!

Artigo Anterior

Quero meu bebê de volta!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.