O SegredoReflexãoRelacionamentos

O melhor ato para o coração é ajudar os outros a se levantarem!

Ajudar acalma e recompensa. Embora muitos digam que estender a mão traz muitas decepções, apenas as pessoas nobres e autênticas entendem que não poderiam fazer as coisas de forma diferente.



Ajudar aos outros não é fácil. Às vezes, exige em primeiro lugar que a pessoa esteja ciente de que precisa ser ajudada, e que agarrar-se a uma mão amiga não é sinônimo de fraqueza. Mas de força. Em segundo lugar, trata-se de investir esforço, tempo e emoções.

“A vida em si deve ser sempre um local de encontro natural para o amor e respeito, onde a empatia universal esteja implícita em nossos corações, nos permitindo ter a bondade como maior expressão.”

Sabemos que não é fácil, e às vezes estamos cheios de frases que gostaríamos de compartilhar em nossas redes sociais, mas no final, esquecemos. Porque muitos nem sequer começam a ver essas necessidades mais próximas.


Às vezes é a nossa família ou nossos próprios amigos que precisam desse apoio para se levantarem. Alguém que está com depressão precisa de compreensão, apoio e proximidade.

Talvez alguns de nossos filhos adolescentes estejam tendo um momento difícil com o bullying na escola, ou vivendo agora sua primeira decepção emocional. Algo que nós não percebemos porque não temos tempo, porque nossos olhos estão fixos em outras coisas.

O coração precisa de olhos para ver e de liberdade interior para sentir. Temos que nos despir de superficialidades para atendermos ao essencial, para que a bondade natural nos seres humanos nos permita ajudar aqueles em necessidade.

Aprender a ouvir com o coração


Talvez o seu melhor amigo fale com você com o rosto cheio de sorrisos, suas palavras soam alegre. No entanto, é só você reparar em seu olhar para intuir que uma lágrima que está prestes a transbordar.

O coração que sabe ouvir é sábio e livre de egoísmo, alheio ao universo fechado das necessidades próprias. A bondade sabe intuir e ler nas entrelinhas.

Sentir as emoções dos outros é um dom instalado em nosso cérebro social através de neurônios-espelho e empatia. Todos nós viemos a este mundo sabendo reconhecer emoções básicas como tristeza, raiva, amor e medo.

No entanto, às vezes, seja por influências educacionais, sociais ou de personalidade, algumas pessoas concentram todos os seus insights sobre si mesmas. Como “eu sinto”, “eu preciso” e eu “quero”. E através destes três eixos começam a estruturar suas vidas.


Para viver do coração não é necessário ser ingênuo como muitos acreditam. Ser sensível não é ser fraco, e ajudar os outros a se levantarem não é deixá-los tomar conta de tudo. De forma alguma. Aqueles que constroem suas vidas a partir do coração têm muito claros os seguintes pontos.


Ajude você porque ajudo a mim

Quem oferece a mão para aqueles que precisam, na verdade, não faz isso a troco de algo. Faz isso porque é parte do seu ser, porque sente assim. E não espera nada de material, muito menos favores ou um grande elogio.


A maior recompensa é sentir-se útil e moldar esse sentimento interior que as define.


O ato de ajudar é um tipo de sabedoria que nos enriquece

Uma pessoa pode ter vários títulos universitários. Falar cinco idiomas, ter vários carros, e em suas mãos, o mais sofisticado celular.


No entanto, todos esses artifícios não irão ajudar muito se você não ver que sua mãe, por exemplo, precisa de ajuda, ou que seu parceiro se sente solitário, apesar de estar sempre ao seu lado …

  • Oferecer ajuda nos enriquece, porque permite-nos reconhecemos nossos semelhantes.
  • Oferecer ajuda enriquece-nos porque nos ensina a linguagem das emoções mais básicas.

  • Oferecer ajuda enriquece-nos, porque nos tornamos válidos para dar às pessoas a felicidade e novas oportunidades.

A bondade que vem do coração é o único investimento que nunca falha


Há muitos que pensam o contrário. Que ser bom cansa, fazer o bem às vezes traz decepções. No entanto, temos de ser claros: as boas pessoas devem entender que há limites e que também têm o direito de dizer basta, se necessário.

Porque a bondade se oferece com liberdade e inteligência. Sabemos que os atos feitos a partir do coração são grandes investimentos.

E ninguém pode andar com maior alegria do que aquele que carrega o sol em seu interior e sabe enfrentar qualquer tempestade.

 


___

Traduzido pela equipe de O Segredo

Fonte: La Mente es Maravillosa

O amor que você recebe não é igual ao amor que você dá!

Artigo Anterior

Pessoas que gostam de viajar são mais propensas a ter sucesso no trabalho!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.