AmorColunistasRelacionamentos

O meu pedido de desculpas para você, que não soube me amar…

O MEU PEDIDO DE DESCULPAS FOTO DE CAPA

Leia o texto abaixo ao som de Sam Smith I’m Not The Only One



Depois que eu for embora, não se esqueça: não foi por falta de amor…

Eu não tenho culpa da sua incapacidade. Modéstia a parte, sei muito bem o que sou e tudo aquilo que eu mereço. E, todos sabemos, que uma pessoa inteira, não merece outra pela metade. Partindo do início que os meus sonhos são grandes demais, para uma pessoa pequena, essa carta é um desabafo real sobre os meus sentimentos por você.

Eu depositei os meus sonhos em alguém que desconhece o sentido da vida. Por vezes, seguimos pela direta, em outros casos, pela esquerda. Mas continuamos em linha reta, não paramos no meio do caminho, também não desistimos dos objetivos. Pode acontecer de ficarmos confusos, aflitos ou com medo. É preciso arriscar, correr atrás e, em alguns momentos, jogar a felicidade para o alto, sem saber, ao menos, se ela cairá novamente sob as nossas cabeças. As lágrimas escorrem quando menos esperamos, é preciso estarmos preparados para secá-las. Se decepcionar e apanhar das próprias expectativas, faz parte do amadurecimento humano. Ninguém é feliz sozinho, portanto, se preocupar e colocar-se no lugar do outro, é o primeiro passo para descobrirmos se vale a pena, ou não, compartilhar o nosso coração com alguém.


O MEU PEDIDO DE DESCULPAS - FOTO 01

Somos cobrados o tempo inteiro por atitudes e coragem. Erramos, insultamos e ofendemos. Falamos sem pensar, agimos por impulso. A emoção é predominante, a razão é deixada para depois. As lembranças passam ainda mais rápidas para quem não sabe o que quer. E, meu bem, eu te quis tanto tempo e tentei esperar a sua decisão, mas o relógio me apressou e, quando me dei conta, era tarde demais para reajustar os ponteiros. Segui em frente, e você ficou bem atrás.

Eu peço desculpas por ter amado tanto, alguém incapaz de amar. Você me enfeitiçou, me apaixonou e teve tudo o que eu poderia oferecer para um amor. Descobri muito sobre mim, estando com você. Enfrentei guerras, perdi em muitas delas, mas venci a maioria. Segurança é a minha arma principal. Você, sempre me oferecendo migalhas, eu te retribuindo com rosas. Precisamos disso, responder a ignorância com inteligência. Eu não te humilhei, nunca te falei tudo o que eu acho de você. E, se te interessa saber, eu apenas quero que você seja feliz.

Eu cheguei a pensar que você era o ar que eu respirava. Que sem oxigênio, eu iria morrer. Me tornei dependente de você, do conforto e do comodismo que implantei nos meus pensamentos. Agora, de fora da situação, eu comprovo que você sempre foi uma ideologia das minhas vontades. Tudo o que eu busco em alguém, encontrei nos meus desejos de tentar te encaixar nesse papel. Você, minúsculo, não se adaptou ao meu espaço. Faltou, tentei preencher com paranoias, ilusões e ideologias, mas nunca foram suficientes. Você nunca foi o meu encaixe, perfeito, do quebra-cabeças. Ainda que, fosse imperfeito, eu te aceitaria com todos os seus defeitos. Mas para mim, não é válido amar sem amor. Você nem ao menos sabe o que significa essa palavra.


O MEU PEDIDO DE DESCUÇPAS PARA VOCE - FOTO 01

Platônico. Eu te coloquei no topo da pirâmide de prioridades da minha vida. Não existia eu, sem você. Você estava incluso nos meus planos, projetos e na minha agenda. Foi triste descobrir que você é uma farsa. O meu mundo caiu, tudo o que eu batalhei para superar ao seu lado e fazer darmos certo, tornou-se inútil e insignificante. Você não segurou o outro lado da corta, estourou no meu peito e machucou, profundamente. Continua doendo, estou me curando e me recuperando, lentamente, dia após dia. Ficaram marcas de um amor unilateral e do seu egoísmo. Espero, que no seu próximo relacionamento, você tenha aprendido que honestidade e caráter é o que nos faz dormir com a consciência tranquila. Sonhos são para quem merece ter, não é para qualquer um. Era para você ter se tornado exclusivo, mas as suas escolhas te levaram para mais um nome da minha lista de escolhas mal feitas.

Eu não vou mais correr atrás de você, também não vou me esquivar de você. Estou aqui, no mesmo lugar que eu sempre estive. Você sabe muito bem o caminho, caso queira tentar consertar os seus deslizes. Às vezes, é tudo uma questão de não dar mais importância.

Foi, então, que eu descobri que quando amamos, deixamos livre.


Sinto muito, por sentir demais.

O fato de um relacionamento não ter durado o tempo que gostaríamos, não significa que não tenha dado certo!

Artigo Anterior

O grande poder das nossas escolhas…

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.