“O meu socorro vem do Senhor, que fez os céus e a Terra”

4min. de leitura

De onde vem o meu socorro?



Quando você olha para o maior dos seus problemas, qual a sua reação? Medo? Ansiedade? Descontrole? Ou parece que está tudo acabado e você vai jogar tudo para o alto?

Eu sei bem como é, somos humanos, e antes que tomemos uma ação, nossa mente projetará um filme com uma série de questões voltadas para os nossos piores resultados.

O rei Davi, certa vez em um de seus salmos, fez a seguinte pergunta: “Levanto os meus olhos para os montes e pergunto: de onde me vem o socorro? O meu socorro vem do Senhor, que fez os Céus e a Terra. Ele não permitirá que você tropece; o seu protetor se manterá alerta, sim, o protetor de Israel não dormirá, ele está sempre alerta!” (Salmos 121:1-4)


Foi uma pergunta cuja resposta ele já sabia e a confirmou: “O meu socorro vem do Senhor, que fez os Céus e a Terra.”

Eu creio que Deus de fato sempre está em alerta, aguardando o nosso pedido de socorro, quando não temos mais capacidade de suportar a dor, o remorso, a angústia e a solidão. Devemos nos questionar, de onde vem o meu socorro?

Nossa capacidade de discernir quando enfrentamos problemas graves é complexa, e muitas vezes não temos disposição nem mesmo para nos questionar, ou fazer afirmações que expressem fé. É mais fácil endurecer o coração e tentar encontrar motivos que nos indiquem caminhos por nossa própria conta em risco.

Mas quantas pessoas já pereceram por isso?

Pelo simples fato de confiarem apenas em si mesmas e não colocarem em prática o mínimo de humildade para apenas pedir; parece que os problemas vão nos engolir e vamos entregar de vez ao fracasso.


Entretanto, temos diversos escritos onde o salmista nos confirma que todos aqueles que confiam no senhor serão ouvidos, e a glória se estabelecerá em nossas vidas; por própria experiência.

“Coloquei toda minha esperança no Senhor; ele se inclinou para mim e ouviu o meu grito de socorro. Ele me tirou de um poço de destruição, de um atoleiro de lama; pôs os meus pés sobre uma rocha e firmou-me num local seguro.” (Salmos 40:1,2).

Já que está tudo perdido, o que é melhor? Pedir socorro ou nos entregar? Enquanto nos resta o sopro da vida, vamos olhar para o alto e clamar aquele que nos conhece intimamente, que nos vigia e não nos deixa tropeçar.

Além disso, vamos sempre exercer a humildade e enfrentar o nosso ego, confessando nossa fraqueza e nossa doença espiritual, assim como em Jeremias 17.

Cura-me, Senhor, e serei curado; salva-me, e serei salvo, pois tu és aquele a quem eu louvo.

Jeremias 17:14

Diante disso, não temos dúvida, seremos curados, seremos salvos, pois Deus é aquele a quem louvamos e que estará sempre atento a nossos sofrimentos e angústias. Se Ele pôde abrir o mar vermelho, derrubar as muralhas de Jericó, livrar Daniel da cova dos leões, seria difícil para Ele nos livrar dos nossos temores?

 

Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123RF Imagens.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

* Matéria atualizada em 30/04/2020 às 2:52






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.