O mundo ficou pequeno ou nós envelhecemos?

7min. de leitura

Lembro-me quando criança tudo a minha volta era por demais grandioso. Morava em um velho palacete, lá no bairro de Cerqueira Cesar em São Paulo, que me parecia imenso, quando recordo do quintal que havia e do jardim que me permitia rolar literalmente na grama, fosse jogando bola ou brincando de pega.



Hoje me recordando daquilo que já foi, imagino que não era assim tão imensa a casa da minha infância.

Quando somos crianças, costumamos dar devido valor de grandeza, a tudo, mas quando adultos nos tornamos, já não há tanta relevância.

Certamente você já sentiu isso, quando depois de muito tempo retornou a casa dos seus avós e aquele imenso quintal, se tornou pequeno.


Com o passar dos anos a impressão que temos é que tudo tenderá a diminuir a nossa volta. Tornamo-nos adultos e nosso juízo de valores, já não são mais os mesmos.

Penso que semelhante fato passa a acontecer com o mundo, esse mesmo velho mundo, que nos suporta, ora bem, ora mal e nos propicia caminhos até as vezes adversos, dependendo da maneira que o encaramos.

o-mundo-ficou-pequeno-foto-de-capa-e-foto-02


Muitas nações já experimentaram em tempos remotos duas grandes guerras, que devastaram uma boa parte da humanidade e ainda encontramos pessoas contemporâneas dessa vasta destruição causada pelo próprio homem, sedento pelo poder.

E ficamos abismados com as histórias que ainda nos contam, quem possui descendência europeia sabe o que digo.

O fato é que o Bicho Homem é inconstante, ávido pelo poder, econômico, politico ou qualquer tipo de poder. Para obtê-lo, subjuga, violenta e mata sem escrúpulos nenhum, engana, frauda e comete todo tipo de barbárie em nome de uma PAZ, que jamais poderá encontrar.

Mas o ponto é: Esse mesmo Velho mundo, mudou e está mudando constantemente, de uma maneira que o Bicho Homem, não poderá ter mais controle sobre a sua própria barbárie.

Recentemente os conflitos no Oriente médio irão levar e já está levando grande parte da humanidade à destruição, como ironia. Jerusalém (cidade em que Jesus lá viveu) uma das cidades mais antigas do mundo, que para os judeus é a terra prometida é constantemente alvo das sangrentas disputas religiosas.

Hoje o perigo eminente de uma guerra nuclear, pelos novos países armamentistas, deixam de cabelo em pé os E.U. A e a Rússia, que antes disputavam poder em uma chamada guerra fria.

A China a Coreia do Norte e também Irã e Jordânia, deixa-nos ao bel prazer de suas decisões armamentistas, de poder.

Milhões de refugiados pelo mundo seguem desesperados com suas famílias em busca da paz, e nós assistimos essa busca, confortavelmente sentados em nossos sofás, mas… Até quando?

A Hungria fecha sua fronteira, mas por quanto tempo? Chegará um tempo em que o êxodo será tão grande, que nenhuma fronteira irá resistir fechada e não terá cerca ou exercito que irá impedir essa fuga. Basta imaginarmos, uma imensa nuvem de gafanhotos em busca de alimento.

Nossos vizinhos com suas ditaduras domesticas de republiquetas, com sua retórica contra imperialismo americano, que segundo seus líderes assola as camadas pobres da população.

Incitam o povo a aderir um socialismo rançoso e fora de moda que só vale e é lucrativo, quando colocado à mesa desses mandatários corruptos e assassinos, fragilizando-os e não lhes permitindo esperança de melhoras, na economia e no trabalho e a uma vida digna.

Para onde correr? Se nossos quintais tornaram-se pequenos e o nosso mundo diminuiu e tornou-se impossível se viver em paz.

Para onde correr? Se já estamos velhos e cansados de discursos demagógicos.

Para onde poderemos ir?

Se o Materialismo e o consumismo pelo ter, já toma conta da nossa alma, através de uma mídia capitalista desenfreada. A terceira guerra mundial bate a nossa porta. E não será o comunismo o socialismo ou o capitalismo que irá nos salvar.
Para onde iremos correr?

Se as religiões tornaram-se meras agenciadoras e captadoras de incautos fanáticos que acreditam em um lote celestial no reino dos céus, vivendo de migalhas abençoadas por falsos lideres religiosos.

Se houver salvação, e verdadeiramente espero que haja, teremos que mudar nosso interior, como pessoas e como Bicho Homem, o egoísmo está nos levando a um beco que não haverá saída, não só para a nossa geração, que já está comprometida, como também às gerações vindouras, que não será necessário que eu aqui defina, como seres próximos a nós.

Líderes espirituais e líderes filosóficos, que acham possuir a solução para o que aí está, e para o que virá… Lamento! Mas não possuem.

Sabem por quê? Esses líderes visam somente o lado do seu ego, querem obter lucro através dos fracos e incautos, perdidos como cordeiros em meio a floresta.

Esses falsos líderes, carregam consigo a soberba, são sepulcros caiados, Fariseus, lobos em pele de cordeiro, mas graças à lei divina, cairão e irão ver o seu templo ruir. Isso já está escrito, e nada poderão fazer a respeito.

O mundo diminuiu sim, pela influencia do ser humano, com suas guerras, levando povos a pobreza absoluta, matando, saqueando, cidades inteiras em nome da PAZ. Esse mesquinho homem, esse egoísta esse lobo disfarçado de cordeiro, que por mais que fuja, por mais que se esconda, por mais, que mate, irá mais cedo ou mais tarde sucumbir. Pela Lei Divina.

E velhos todos nós já somos um pouco, pela esperança e pela experiência de viver, nesse mundo que um dia já foi grande e maravilhoso.

Pense nisso…

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

* Matéria atualizada em 17/09/2016 às 14:16






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.