AmorPerdoar

O perdão cura os relacionamentos

cccc

O perdão elimina tudo o que se coloca entre seu irmão e você.



O perdão é a chave para se chegar à paz interior porque é a técnica mental através da qual nosso medo se transforma em amor.

Nossas percepções acerca de outras pessoas frequentemente tornam-se um campo de batalha entre o desejo do ego de fazer julgamentos e o desejo do Espírito Santo de aceitar as pessoas como elas são. O ego é o grande explorador de falhas. Ele vai atrás de erros em nós mesmos e nas outras pessoas. O Espírito Santo vai atrás de sua inocência. Ele vê cada um de nós como somos na realidade e, já que somos criações perfeitas de Deus, Ele ama o que vê. Não somos culpados pelas partes de nossa personalidade que têm a tendência de nos desviar do amor, elas são nossas feridas.

Deus não quer nos punir, mas nos curar. E é assim que quer que vejamos as feridas das outras pessoas.


O perdão é uma “memória seletiva”, uma decisão consciente de nos concentrarmos no amor e deixar o resto ir embora. Mas o ego é incansável – “na melhor das hipóteses é desconfiado e, na pior, corrupto”. Ele expõe os argumentos mais sutis e traiçoeiros para expulsar as pessoas de nossos corações.

A máxima dos ensinamentos do ego é: O Filho de Deus é culpado.

A máxima dos ensinamentos do Espírito Santo é: O Filho de Deus é inocente.

O fazedor de milagres conscientemente convida o Espírito Santo a participar de todos os relacionamentos e a nos livrar da tentação de julgar e encontrar erros. Pedimos a Ele que nos livre dessa tendência de condenar. Pedimos a Ele que nos revele a inocência dentro das outras pessoas, aquelas que devemos ser capazes de ver dentro de nós mesmos.


“Querido Deus, entrego esse relacionamento em Suas Mãos.

Querido Deus deixe-me ver essa pessoa através de Seus olhos”.

Mariane Williamson


Amizade e relação amorosa

Artigo Anterior

O tédio é apenas um sintoma

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.