ColunistasDesenvolvimento Pessoal

O poder curativo do silêncio…

O poder curativo do silêncio

Se você imaginasse metade do poder curativo que o silêncio tem, garanto que já estaria passando mais tempo no verdadeiro silêncio.



Você já se deparou numa conversa, naquele momento em que o silêncio se instala?

Normalmente, as pessoas têm dificuldade em ficar em silêncio olhando nos olhos da outra. Talvez pareça que descobrirão coisas a nosso respeito…

Esse é um movimento muito natural nas pessoas, nos grupos: ter medo de ficar em silêncio, ou, parecer constrangedor quando o assunto acaba e os olhos se encontram.


Numa sociedade barulhenta e falante, o silêncio não tem muito espaço, se a gente não der esse espaço na nossa vida.

Veja todos os benefícios do silêncio e, qual o verdadeiro silêncio.


Muitas vezes você pode achar que fica muito em silêncio. Mas será que é o silêncio real, o silêncio que nos coloca em profundo contato conosco, com nossa essência?

O silêncio não é só do ambiente, é necessário acessar o silêncio interior, acalmando todos os pensamentos do dia, tudo o que aconteceu, ou o que acontecerá…

Talvez, você não tenha se dado conta de que o silêncio para você significa vazio, falta, solidão.

Se for assim, reveja essa crença depois de saber o quanto seu cérebro precisa do silêncio para ficar saudável e para deixar você saudável.


O som, na nossa sociedade, é relacionado a produtividade, a alegria, enquanto que o silêncio está associado a falta de conteúdo, a tristeza, ao vazio. Porém, a ciência já comprovou que, principalmente quem trabalha em ambientes barulhentos e estressantes, precisam de vários momentos de silêncio para “regenerar” o cérebro.

Depois dessa reflexão tenho certeza de que você mudará seu dia, mas, um conselho de alguém experiente com comportamento humano:

– Comece com um minutinho algumas vezes ao dia. Coloque o celular para tocar e marque um minuto apenas respirando e entrando em contato com a respiração, esvaziando sua mente, sentindo seu coração.
– Depois aumente meio minuto, depois mais meio…


– Se faz natação ou hidroginástica, aproveite para escutar o silêncio em baixo da água.
– Na hora de dormir preste atenção ao seu corpo, faça um exercício de relaxamento em silêncio, apenas em contato com você.

Você sempre vai encontrar literatura, pessoas, orientações sobre o “ideal”. Para tudo: alimentação, sono, produtividade, tempo, relações…

Não procure o ideal, comece sempre bem devagar, aos poucos. Só assim a gente forma uma base sólida para conquistar realmente o que a gente quer.


O primeiro passo? Colocar a crença da importância do silêncio em sua vida.

O segundo? Colocar o celular para despertar, três vezes ao dia e ficar no silêncio interior por um minutinho. Pode ir ao banheiro, ir até o bebedouro… ou, simplesmente pode fechar os olhos e entrar em contato com seu silêncio.

Você vai perceber em poucos dias como sua memória melhora, como sua criatividade melhora, como você aprende melhor!

Um abraço silencioso!


Isabel
______________

Direitos autorais da imagem de capa: linux87 / 123RF Imagens


Na vida tudo passa. O que permanece são só as lembranças…

Artigo Anterior

O tempo de Deus é perfeito, espere e confie!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.