publicidade

O poder do eu sou: eu sou tudo que eu determino ser!

Qual a visão que você tem tido de si mesmo?



Como você tem se definido até então?

Como você se descreve, de um modo sincero e realista para você?

Talvez você possa me responder com afirmações do tipo:


“Eu sou isso aqui. ”; “Eu sou inseguro. ”; “Eu sou tímido. ”; “Eu sou ansioso. ”

“Eu sou.…, eu sou.…, eu sou.…”

Então eu te pergunto: Você tem certeza disso? Você realmente é isso, ou assim em todos os momentos, 24 horas por dia?


o-poder-do-eu-sou-capa-e-dentro

Ou seja, você é inseguro em todas as ocasiões? Em todas as situações de seu dia-a-dia? Você é inseguro até mesmo quando você está em um momento de descontração com seus amigos, sua família, ou brincando com seu animal de estimação?

Provavelmente sua resposta será não. Você só adquire essas definições em determinadas situações ou ocasiões, você NÃO é assim a todo o momento.

Essa verdade emitida pelo “Eu sou.…” é relativa, porém ao afirmarmos para nós mesmos “Eu sou.…” estamos assumindo uma verdade que o subconsciente interpretará como uma verdade absoluta, algo praticamente impossível de ser mudado, “Eu sou assim e pronto! ”. Obviamente em todas as situações que surgirão o subconsciente adotara a postura do “Eu sou.…” adquirida que sejam convenientes com as situações a serem vivenciadas.

Por exemplo, se eu costumo alegar “Eu sou uma pessoa insegura e tímida. ” Quando surgem situações que me exijam uma postura segura, confiante e desinibida não conseguirei agir de tal forma, pois em meu subconsciente existe uma limitação, um bloqueio, pois eu sou tímida e insegura. Assumir uma postura diferente a de minha crença é impossível tendo em vista que estarei me contradizendo, negando uma verdade absoluta.

O “EU SOU” pode nos expandir ou nos limitar, tudo depende do adjetivo que vem a seguir. Porém vale ressaltar que palavras desconectadas de seus reais sentimentos nada valem, o subconsciente recebe a emoção a não a palavra em si. Ou seja, de nada adianta afirmar “Eu sou uma pessoa confiante”, sendo que na verdade não se sente assim, o sentimento emitido com essa afirmação é equivalente ao oposto, um sentimento de insegurança, talvez, e de que aquela afirmação é uma mentira.

Então ao afirmarmos “EU SOU.…” Devemos sentir a energia daquilo que estamos afirmando, devemos nos sentir daquela forma. Ao dizer “Eu sou confiante” devo me sentir uma pessoa confiante, agindo com total confiança em todas ou determinadas situações.

Tudo depende de seu real sentimento, para mudar uma crença mude a maneira como você se vê e sente, elimine o negativismo e palavras negativas sobre você, confronte as verdades já assumidas pelo seu subconsciente, comece a enxergá-las como verdades relativas. Veja-se melhor, veja o seu melhor, e aos poucos você se sentirá vivenciando o melhor.

EU SOU TUDO O QUE EU DETERMINO SER.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.