publicidade

O quanto você se entrega na vida? será que seus autossabotadores estão ganhando?

Muitas vezes vivemos relações superficiais, pois nossa capacidade de entrega é pequena. Nós temos diversos autossabotadores e um deles é a dificuldade de entrega, seja nas relações, seja na carreira, seja no sono.



Veja aqui uma história curtinha e profunda que nos faz pensar sobre como a gente se entrega, ou não, nas situações:

E porque não nos entregamos? Se é para nossa felicidade, para nosso bem-estar, qual a razão de não nos aprofundar no que queremos?

O medo de sofrer é o principal vilão na nossa vida que nos faz permanecer na superficialidade.

Eu acredito que a prova é muito difícil, digo para os demais que fui mal, que não vou tirar nota boa, pois, se for bem, estou no lucro e fico feliz, se for mal, já estava esperando, aí não sofro.


Porém, essa atitude negativa tira muita energia da gente. Acabamos não investindo realmente nosso potencial total, pois estamos perdendo energia tentando nos proteger do sofrimento e, o resultado é que não colocamos o foco e a entrega necessária para alcançarmos o que queremos.

Outro exemplo, estou concorrendo a uma promoção para um cargo que sonhava e há meses falo para a família e amigos que meu colega é melhor para assumir a promoção. Repito que não terei chance, pois o colega tem mais condições do que eu. Claro que não fazemos isso porque queremos, é um mecanismo de defesa, para não sofrer e, não percebemos o quanto isso é nocivo, o quanto de energia é gasta nessa negatividade.

O resultado é que, não me entrego, não corro atrás, por medo de sofrer, por medo de “quebrar a cara”. Aí, se não acontecer mesmo o que eu queria, não sofro. Mas, se não arrisco, não “quebro a cara”, também perco as oportunidades. 


O que fazer para superar isso?

– Manter o foco no presente traz mais energia no nosso dia, ficando mais fácil a gente se entregar às situações. Quando a ansiedade está em alta, a entrega não é possível.

– Ter clareza de nossos propósitos, do que realmente queremos. Isso fortalece nossa autoestima e faz com que concentremos mais força no que queremos.

– Acreditar em nós mesmos.

– Estimular as emoções positivas em nossa vida, pois elas “alimentam” o cérebro, gerando a confiança necessária, a energia que precisamos para ter mais resiliência, mais resistência à frustração.

– Fazer todos os dias uma ação de cuidado conosco. Faça todos os dias um agrado para você mesmo, desde dar um sorriso na frente do espelho, até fazer um lanche especial para a pessoa mais importante do mundo: você.

Siga estes passos todos os dias e, com certeza, os resultados aparecerão!

Grande abraço!

Isabel

____________

Direitos autorais da imagem de capa: unsplash e3yBLD7-6Po

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.