publicidade

O que devemos aprender com o espírito natalino que podemos aplicar no restante do ano

Foi escrevendo sobre as comemorações natalinas hoje que percebi, que em pouco tempo vamos começar a escutar o jingle mais executado nos fins de ano: “Então é Natal e o que você fez? O ano termina, e nasce outra vez!”, essa música sempre me emociona me mostra o quão viva estou e todas as oportunidades para ser grata e feliz que a vida me dá 365 vezes por ano, no mínimo.



Mas verdadeiramente o que é o Natal? Para o comércio o faturamento é sempre satisfatório nesta época do ano, a venda dos presentes materiais são atributos fundamentais para a sobrevivência do mercado durante a festividade.

Religiosos nos contam a história do menino nascido em meio aos bichinhos no mais simples dos lugares, o filho de Deus, que trouxe a esperança para dias melhores e a promessa da salvação eterna.

A maioria das pessoas prega a paz, o amor e a felicidade, acreditam nos religiosos e presenteiam as pessoas que gostam. Eu não acredito que elas estejam erradas.


Pra mim o natal é a celebração de todos os povos, o desejo de viver e de ser melhor fica estampado na cara da gente, sou católica e participo da festa de Jesus. Sou leiga na matéria entendimento ao ser humano, eu não compreendo tamanhas manifestações em prol do amor e de dias melhores tão unicamente vistas em dezembro.

De todas as lições que podemos aprender, as propostas pelo amor são de longe as mais emocionantes. Esse é o legado, fazer de todos os dias o Natal, desejar prosperidade ao próximo diariamente. Sentir gratidão por apenas respirar. Não precisamos esperar pelo último mês do ano para sermos pessoas melhores, para pensar em pureza e fazer o bem.

A existência em carne e osso precisa ser mais humana, somos tão ricos e não precisamos de muito para sentir a vida. Meu desejo para este Natal, é que cada ser humano crie tudo aquilo que espera receber, desejo que o nosso 2015 seja concebido todos os dias com amor e gratidão. Que a gente viva no coletivo, somos todos um, quando a humanidade se der conta disso vai entender que precisamos da natureza para existir, vai ver que a miséria não faz sentido, dispomos de tudo.


Então, é Natal.

 

Fonte: Razões para Acreditar

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.