O que é karma e como ele pode influenciar sua vida?

9min. de leitura

Você sabe o que é karma e como ele pode influenciar a sua vida? Basicamente, o conceito está relacionado com a expressão “colhemos o que plantamos”, ou seja, cada uma de nossas ações desencadeia uma reação do Universo. Mas há muito mais para descobrir sobre o assunto.



Neste post, além de explicarmos, detalhadamente, o que é karma, estabelecemos a relação dele com as principais religiões, diferenciamos o karma bom do ruim e apresentamos algumas dicas para você assumir o controle do seu destino.

Com a leitura, esperamos que você consiga enxergar a importância de agir com positividade para viver de forma plena, feliz e próspera. Vamos lá?

O que é karma?

A palavra karma tem origem no sânscrito, uma antiga língua sagrada da Índia, e significa “ação”. O termo é de cunho religioso, sendo empregado nas doutrinas budista, hinduísta, sique, teosófica, jainista e, na modernidade, também foi adotado pelo espiritismo.


Nessas religiões, o karma funciona como uma Lei Universal de causa e efeito, ou seja, para cada ato praticado, haverá uma reação do Universo. O conceito está intimamente ligado com as suas raízes indianas, inclusive no que se refere à crença de renascimento após a morte. Nesse sentido, ele pode durar mais de uma vida, fazendo com que as experiências que uma pessoa vivencia tenha relação com a conduta dela em outras vidas.

Segundo a filosofia indiana, o karma não é uma espécie de castigo e redenção, mas, sim, um meio de estabelecer a ordem dos comportamentos individuais.


Qual é o significado de karma nas principais religiões?

Conforme a doutrina, o karma pode assumir diferentes significados. Para que você entenda mais sobre o assunto, separamos, a seguir, a representatividade do conceito nas principais religiões. Confira!


Budismo

No budismo, o karma assume um sentido mais subjetivo. Ele não está vinculado às ações propriamente, mas às intenções que estão por trás delas — as quais podem ser positivas, negativas ou neutras.

A lógica é bem simples: enquanto as boas intenções fazem com que o Universo conspire ao seu favor, gerando recompensas e conquistas, as más intenções desencadeiam mais situações desafiadoras que provarão o seu caráter.

A ideia de reencarnação está muito presente nessa religião, no sentido de que o indivíduo precisa de mais de uma vida para evoluir. Portanto, ao gerar karma, as pessoas ficam presas em um ciclo de reencarnações. O propósito é se livrar dessa influência, de modo que não seja mais necessário renascer para lidar com ela.


Hinduísmo

No hinduísmo, a definição de karma é mais simples e clássica. Ele se refere às consequências que as nossas ações podem gerar no futuro. É possível que os efeitos aconteçam ainda nesta vida ou em outras, após a reencarnação.


Espiritismo

No espiritismo kardecista, a palavra karma não é utilizada. Contudo, a Lei da Ação e Reação cumpre o mesmo objetivo. Para entendê-la, basta considerar que as atitudes que escolhemos tomar terão, necessariamente, consequências em nossa trajetória. Em outras palavras, o significado é que o bem e o mal retornam com a mesma intensidade para quem os pratica.


O que é karma bom e karma mau?

Recebemos aquilo que oferecemos, certo? Segundo a lei kármica, os pontos altos e baixos de nossa vida são provenientes da energia gerada por nossas próprias ações. Logo, o karma bom (energia que favorece conquistas e desejos) e o karma mau (dificuldades em seu caminho) dependem, exclusivamente, de você.

Nesse sentido, ao desprezarmos a inveja, desejando sucesso e felicidade para as pessoas que estão ao redor, podemos esperar os mesmos acontecimentos em nosso destino. Então, a melhor maneira de levar uma vida bem-sucedida é ficarmos mais conscientes do funcionamento do Universo e praticar o bem.

É preciso escolher ações e pensamentos que engrandeçam, sejam positivos e nutram bons sentimentos em vez daqueles amargos e que ferem. Portanto, para usar o karma ao seu favor, sempre reflita sobre a consequência de seus atos.

Antes de agir, analise se a sua atitude trará felicidade não só para você, mas também para os outros. Vale a pena passar por cima de alguém para conseguir uma promoção no emprego? E ser egoísta nos relacionamentos amorosos e de amizade? Desejar mal para uma pessoa que você não gosta é a melhor forma de lidar com o problema? Com certeza, a resposta correta para essas perguntas é “não”.


Como lidar com o karma?

Não tem outro jeito: para superar o karma ruim é necessário livrar-se de toda a negatividade que está à sua volta. Somente assim você poderá ser dono do próprio destino. Para isso, indicamos algumas ações, veja!

Busque o autoconhecimento

O primeiro passo para que você tenha maior controle sobre os seus pensamentos e ações é buscar o autoconhecimento. Procure identificar as situações que mais lhe incomodam no dia a dia e a razão de elas provocarem esse sentimento. A mudança é eficaz quando se atinge a raiz do problema e algo é feito para solucioná-lo.

Então, faça uma limpeza sentimental em sua vida. Isso vale também para as pessoas que estão ao seu redor. Procure manter por perto quem age com positividade e não é nocivo. Assim, será mais fácil agir da mesma forma. Perdoe, siga em frente e dê um fim em todos os fantasmas do passado.


Desenvolva a inteligência emocional

A inteligência emocional é uma característica comum nas pessoas fortes. Elas conseguem lidar com situações adversas sem perder a serenidade e o espírito de luta. Também não se abalam facilmente e fogem de brigas.

Após se conhecer, você poderá usar as habilidades que possui para seguir o seu caminho, consciente de todo o seu valor. Problemas e obstáculos serão facilmente superados. Palavras e gestos negativos externos também não encontrarão terreno fértil em sua vida porque, antes de agir, você canalizará os sentimentos ruins e transmitirá, com racionalidade, respostas maduras e inspiradoras.

Para chegar a esse ponto é preciso ter vontade, autoconhecimento e motivação de que essa é melhor forma de se viver. Se não conseguir sozinho, coaches e terapeutas poderão ajudar.


Pratique meditação

meditação diária cria uma vibração na vida capaz de eliminar as más escolhas do passado e descartar os padrões kármicos. Sem o peso do passado, podemos focar o presente e construir um futuro repleto de realizações. Com a prática, você volta o seu olhar para você e consegue assumir o controle da situação. Experimente!

Esperamos que você tenha gostado do nosso conteúdo e entendido bem o que é karma. Essa energia, criada por nossas ações, pode influenciar (e muito!) o curso que a nossa vida toma. No entanto, você pode construir um futuro feliz, repleto de positividade e alegria a partir de agora. A escolha é sua!

Que tal continuar conosco e descobrir quais são os sete hábitos que atraem o karma positivo para sua vida? Vale a pena a leitura!


Direitos autorais da imagem de capa: Rock Content

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

* Matéria atualizada em 21/06/2018 às 5:51






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.