ColunistasReflexão

O que é verdadeiro vem do eu e não do ego!

O QUE É VERDADEIRO capa e dentro

Enquanto a vaidade dominar seus objetivos; haverão muitos inícios simultâneos e coisas por fazer: mas não se deixe cegar pela agitação.



Geralmente esses compromissos são os sonhos de terceiros: e por isso, você nunca verá finalizações ou o grande sucesso que deseja.

Você flutua no campo do “como” e vive fazendo coisas. Assim sente-se útil e motivado a fazer cada vez mais e mais e mais.

Entretanto, enquanto o ego controlar seus caminhos, haverão certezas e autoafirmações feitas no vazio. Seus (novos) sonhos andam de carona nos sonhos alheios. Mas como em algum lugar, ainda existe uma essência sua, sente que nunca é remunerado ou reconhecido o bastante, e isso te frustra.


Enquanto suas metas não forem pautadas em quem você realmente é- e isso significa alinhar corajosamente em tripé de equilíbrio, os seus pensamentos e sentimentos mais profundos às suas ações- qualquer dinheiro que entre; qualquer relação de aparência; qualquer sorriso e prazer momentâneo, senso de utilidade, admiração interesseira, aprovação social…

Qualquer coisa que aparentemente prove seu valor, parece ser justo, bom e suficiente para te fazer feliz e dentro do funcionamento normal da vida.

Mas, enquanto a vaidade, o ego e o orgulho tomarem conta de quem você é…. (Que ironia!) Você não conseguirá ser você de verdade: ser alguém de alma livre, intenso e realizador; de poder infinito; o ser completo (pensar/sentir/fazer) de conquistas plenas.

Um sonhador e não seguidor; de felicidade profunda, um ser na paz de reconhecer em si mesmo suas potencialidades de amor!


Eu sei como é viver na solitária!

Artigo Anterior

Resoluções de ano novo e planejamento para alcance de metas:

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.